Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Por que eu te amo?

Por que que eu te amo?
Isso é pergunta que se faça?
Na tua cabeça não passa
que o que meu sentimento traça
é puro, verdadeiro e imenso,
e que em que pese o eu que penso,
não tem causa nem motivo,
e, o é, porque estou vivo?
Amor assim não se mensura,
Não se pede, não se jura,
Apenas se toma com ternura,
esse elixir anti-amargura.
Amor assim se toma num gole só,
Faz incerteza virar pó,
Com todas as notas após o dó.
Amor assim não se sente sozinho!
Se brinda no Porto com vinhos,
Se pega pelos colarinhos,
E se conta deitado no ninho.
Amor assim se entende sem pressa,
Não sei nem onde se começa,
mas afinal, quem se interessa?
Anderson Julio Lobone
Enviado por Anderson Julio Lobone em 19/01/2006
Reeditado em 03/03/2007
Código do texto: T100961
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Anderson Julio Lobone
Alto Paraíso de Goiás - Goiás - Brasil, 55 anos
132 textos (10956 leituras)
1 e-livros (187 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/04/21 12:25)
Anderson Julio Lobone

Site do Escritor