SENTIMENTOS SEM PAR...

Ao ler teus versos, vi tua alma, teu coração!...

Teus sonhos e desejos, a intensidade do teu sentir...

Em ti vi minha alma meu coração!

Meus sonhos e desejos o mundo em mim

Que por tão intenso se fez impossível encontrar

Foram tantos os caminhos por onde busquei

Portas abriram e fecharam sem que nada fosse o que buscava

Por uma eternidade as feridas foram abrindo e cicatrizando

Calejando minha alma hoje cansada

Sonhei além da conta!

Desejei o impossível...

Incondicionalmente ser amante...

Compartilhar momentos de paixão

Ser amiga, companheira, confidente!...

Ser amante no sentido real e verdadeiro

Amar e ser amada com intensidade

Desejei ser amada com verdade

Ter da vida a extrema emoção

Hoje sou a figura triste da desilusão

Dos sonhos e ilusões restou apenas o desejo insatisfeito...

A certeza de que para este sentir não há par.

Santo André

SP-BR

19.03.2005

CARMEN CRISTAL
Enviado por CARMEN CRISTAL em 08/04/2005
Código do texto: T10300
Classificação de conteúdo: seguro
Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.