AMOR PECADO!...

Depois de uma noite de insônia

Ainda madrugada!...

Vim dizer-te: Bom Dia...

Num misto de tristeza e alegria

Na esperança busco forças

Para manter-me paciente

A espera do momento

Que contigo possa estar

A dor da tua ausência

Me faz amargurada!...

E mesmo sabendo

Que sou dona do teu coração

Feliz em ser por ti amada

Passo noites e noites a perambular

O leito vazio da tua presença

Meu corpo ardendo em desejo

Em ser por ti acariciado

Os lábios secos do teu beijo

São torturas que me levam a chorar!...

Sabendo que outra ocupa um lugar,

Que por direito do amor seria meu...

Se nosso amor é maldito diante de Deus

Condenado pela lei dos homens

Sou criminosa e assumo meu pecado

E mesmo que sejam apenas migalhas

Não poderia viver sem elas

És o ar que respiro!...

A chama que me mantém viva

O amor onde alimento minha alma

Não te importes com minhas queixas

Entenda que são por tanto que te amo

Ser a outra é um pesado fardo

Onde os pecados são pagos

Com a dor da solidão, noites vazias!...

Sigo para mais um dia...

Quem sabe hoje poderemos estar juntos

Para mais um momento roubado

Desfrutar deste amor...

Tenha um bom dia meu amado!...

Eu e meu amor pecado

Aqui estaremos a tua espera...

Santo André

SP-BR

10.03.2005

http://www.saladepoetas.eti.br/carmen/pecado/pecado.htm

CARMEN CRISTAL
Enviado por CARMEN CRISTAL em 15/04/2005
Código do texto: T11351
Classificação de conteúdo: seguro
Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.