MAR...

Mar! Ouço teu gemido contido,

Buscando por tua amada

Que as tuas ondas se entrega

Em sublime abandono, enlevada...

Banhando-se em teus carinhos

De brancas areias encoberta.

Mar!Ouço teu furor

Em noites de amor profundo,

Como se com ciúmes do mundo

Onde tua amada repousa,

A envolves loucamente

Em teu fervor de amante

Num furacão alucinante

Na posse da paixão ardente.

Revolto em desatino

Desnudando ao céu e à terra

Que mesmo sendo um gigante

De tuas profundezas levantas

E em carícias te deitas na busca

Do mágico sentimento do amor,

E da praia de areia pálida

Meiga amante, e em nada hesitante,

Entrega-se em doce abandono

Ao gigante que a envolve como

Seu senhor e dono...

Santo André

SP-BR

CARMEN CRISTAL
Enviado por CARMEN CRISTAL em 20/04/2005
Código do texto: T12230
Classificação de conteúdo: seguro
Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.