QUESTIONANDO...

(A ti meu amor...)

Olho a noite!...

A lua em seus mistérios

As estrelas, olhos curiosos...

Vejo

a imensidão do mundo!...

Cala-se em mim

todas as vozes...

Estou perdida na escuridão!...

No vazio de minha própria existência.

Quem!...

O que sou?

Se não estás

a vida é um mundo vazio...

Perdida em dúvidas,

assombros, questionamentos!...

Mergulhada na escuridão das incertezas,

entre as rimas sem par de um poema inacabado.

Uma partitura sem orquestra

Um ser incompleto!...

Pesadelos de uma alma aflita...

Se não sou amor

Não sou nada!...

CARMEN CRISTAL
Enviado por CARMEN CRISTAL em 22/04/2005
Código do texto: T12447
Classificação de conteúdo: seguro
Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.