MENINA POETISA!...ANJO...

Menina é madrugada!

Só, no vazio de mim mesma,

Encontrei tuas palavras

E lá estavas tu!... E te senti...

Surpresa!... Encanto...

Envolvestes meu coração

Na magia do sentimento

Na comunhão de almas

Que no dizer, entregam-se...

Neste árduo caminho da poesia

O encontro!...

O carinho de saber-nos queridos

Saber-nos vigiados por anjos

Que Deus, pai amoroso

Nos deixou, para que

Tão abandonados não ficássemos

Menina linda!

Poeta de encanto e beleza...

São gotas de um cristal

Que de meus olhos rolam

No silêncio desta madrugada,

Sem que consiga controlar,

Deposito entre teus dedos

Nas mãos mimosas que

Da pena tecem poemas

Que a nós vem encantar.

No dizer das lágrimas,

Do mais profundo de meu ser

Sou meu cantar!...

E no cantar, falo da admiração,

Da emoção por existires

E um dia...

Um dia, com teus lindos olhos

Presenteastes meus humildes poemas

Com a candura de teu coração.

É muita emoção poetisa!...

(Efigênia Coutinho)

Por este meio, o que sei e sou!

Quero abraçar-te e dizer do meu sentir

Do soluço de um coração

Que tiveste em tua mão

E o ganhastes eternamente

Por seres tão gente!...

Tão gente...

Carmen Ortiz (Cristal)

28.06.2004

04:15 hs.

http://www.saladepoetas.eti.br/carmen/anjo.htm

CARMEN CRISTAL
Enviado por CARMEN CRISTAL em 26/04/2005
Código do texto: T13114
Classificação de conteúdo: seguro
Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.