Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AGUARELA DE SONHOS

Soltei-me das amarras que me prendiam
Às utopias de uma vida sem rumo e sem tempo.
Libertei-me das fantasias doentias que me perseguiam,
Que emaranhavam minhas emoções, meus sentimentos
E atrofiavam meus labirínticos pensamentos.

No infinito... o eco grandioso da minha alma
Silenciou as dúvidas e os dilemas.
A Lua arredou as cortinas de seda
E eu vislumbrei o sorriso meigo e calmo  das estrelas
Iluminarem com poemas o meu suave firmamento.

Sonhos vazios, sem cor que findaram...
Sonhos vivos e coloridos que querem começar...
Agora sou a Rainha da Noite, do Universo...
E pintarei o horizonte de sonhos com o meu olhar
De cores azuis e serenas...aguarela de mil versos.

Depois, a sinfonia festiva das estrelas
Entoará a minha secreta e doce melodia.
Com êxtase e muita alegria, 
Eu abraçarei o terno e saudoso luar
E só então, eu poderei recomeçar a sonhar!
Fanny Estrela
Enviado por Fanny Estrela em 22/06/2005
Reeditado em 27/06/2005
Código do texto: T26782


Comentários

Sobre a autora
Fanny Estrela
Portugal
230 textos (7743 leituras)
1 e-livros (103 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/07/20 16:08)
Fanny Estrela