Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PALAVRA É BALA**

Eu luto
de amor em punho
pela paz,
mas
minha coragem
é pra mais.

Eu penso
que a paciência
é dez,
mas
meu coração
quer mais.

Eu respiro
o ar que o diabo
não quer.
Aço e
fuligem
que a cidade expele.

Eu falo
pelas bocas quietas.
Não aceito
miséria.
Me inquieto
e insisto.

Eu enfio
os pés pelas mãos
e contradigo
meu peito pacífico.
Minha cabeça
quer mais.

Fogo
Revolta
Reação

Eu acho
que palavra é mão,
ação eficaz.
Que palavra é bala.
Que palavra bela,
União.
Que a palavra age,
coragem.
Eu quero é mais.


cp-araujo@uol.com.br
Célio Pires de Araujo
Enviado por Célio Pires de Araujo em 15/07/2005
Reeditado em 21/10/2006
Código do texto: T34617


Comentários

Sobre o autor
Célio Pires de Araujo
São Paulo - São Paulo - Brasil
1369 textos (38179 leituras)
2 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/09/20 21:46)