Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A CRIANÇA QUE EXISTE EM MIM

A CRIANÇA QUE EXISTE EM MIM
Cdor Heraldo Lage
 
Aos 12 de outubro me dei conta
De que faltavam apenas 7 dias
Para o meu aniversário
Mais uma primavera
Tempo de reflexão !
 
Enquanto comemoramos
O Dia da Criança ! ...
A criança que existe em mim
Abraça a criança que existe em ti !
Em tempo de reflexão...
 
A criança que existe em mim
Diz-me com toda a sublimidade
De sentimentos que guarda em si
Da alegria com as coisas simples
Da ilusão e da crença no abstrato
Dos sonhos que espera algum dia
Deparar transformados em realidade
 
A criança que existe em mim
Fala-me de outras realidades...
 
A realidade daquele em quem habita
Desde a sua concepção até agora
Que nasceu e cresceu em cada momento
Em cada manhã, cada dia, cada noite
Buscando fazer uma Obra que viva
Possa perdurar por todo o sempre
Uma Obra sólida e permanente...
Baseada no grande amor que guarda
Na mesma casinha em que habitam
A criança e o amor
O coração !
 
A criança que existe em mim
Diz-me de suas carências...
E das carências de outras crianças
Que habitam o mundo, necessitadas...
De carinho, afeto, apoio e compreensão
De alimentos para a alma e seus corpos
Porque vivem na miséria, abandonadas...
Ao léu !
 
A criança que existe em mim
Diz-me que eu, por um simples abraço
Ainda que virtual, anteponho-me a poetar
Elejo Musas por caminhos cibernéticos
Buscando em cada instante que eu vivo
Realizar mais uma parte de minha Obra
Que a própria vida proporciona
A Poesia !
 
A criança que existe em mim
Muitas vezes me abraça e acaricia
Somente para aplacar meus sofrimentos
Sorri para mim em tempos de tristeza
E dando-me a mão passa a me conduzir
Em busca de um novo porvir...
Dizendo-me docemente com todas as letras...
Vamos !  Vamos seguir em frente ! ...
Tudo passa !
 
A criança que existe em mim
Mostra-me a beleza indescritível
Que existe em tudo o que a Mãe Natureza
Criou para nosso deleite e deslumbramento
Desde o azul de um céu estrelado e enluarado
Até o verde do mar com seus peixes e corais
Desde os pássaros que entoam melodias
Até as árvores que eles habitam na floresta
A maestria !
 
A criança que existe em mim
É sábia por que é original  e angelical
Traz em si a pureza que existe no Divino
A inteligência infinita do Todo do Universo
Encontra simplicidade em tudo porque
Não se preocupa com as coisas de adulto
É sublime e vive simplesmente por viver
Vida inteligente !
 
A criança que existe em mim
Persiste... Jamais desiste !
Luta por minha paz interior... Ela deseja
Que habite em mim e em toda a humanidade
E me ensina novamente...
Que a Paz só vai dominar o mundo
Quando quem desejar a tiver antes dentro de Si
A lição !
 
Então quando meu Eu adulto se dá conta
De que tudo para os adultos é tão difícil !
Enquanto para a criança é tudo tão fácil !
Eu me pergunto: Por que ser adulto ?
E percebo que ser adulto não é bom !
Adultos brigam, ferem, enganam, traem !
Crianças amam, sonham, ensinam, vivem !
Triste realidade !
 
Se o que vale nesta vida tão efêmera...
É a beleza da sublime pureza eu desisto !
Não quero mais ser um adulto !
Entrego-me à criança que existe em mim...
 
Heraldo Lage
Amigos Verso & Prosa
http://www.hlage.com.br
Em 12-10-2005 - 21:02 h
Cdor HeraldoLage
Enviado por Cdor HeraldoLage em 16/11/2012
Código do texto: T3989846
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cdor HeraldoLage
Santos - São Paulo - Brasil, 68 anos
46 textos (3628 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/06/19 09:31)
Cdor HeraldoLage