Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CURTO CIRCUITO (nova versão)

 

Em bela e farta mesa com vinhos, tábua de queijos...
Comemoramos nós dois aos abraços e muitos beijos...
Só para sentirmos tudo de bom entre nós acontecer...
Pois eu também, ofuscado, adorei então te conhecer !


Assim, Musa, poetisa, querida, ah, menina linda
Tua imagem me trouxe profunda alegria infinda
Aquela rosa que tu me entregaste naquela hora
Levou-me a sair cantarolando pelo mundo a fora
 

Com a beleza em tua face, teus olhos, a admirar
Fiquei em êxtase profundo, delirante a sonhar...
Com o brilho que emanava de ti, tão fulgurante
Levaste-me a uma deliciosa viagem alucinante !


Os sonhos muitas vezes são caminhos da realidade
Que jamais se duvide de alguma deliciosa fatalidade
Pois no amor ainda que à primeira vista se estabeleça
Reside esperança de que, algures, o mais belo apareça


Aqui vou eu parando estes meus versos de momento
Pois o repentismo pode levar a um inevitável acalento
E ao perigo de que o feedback que nos retro fortalece
Tire-nos limites, de repente alguma besteira acontece


Tu me trouxeste mais que uma só rosa
E deixaste-me também um tanto prosa
Ao ver-te mulher tão faceira e graciosa
Eu me senti uma pessoa mais garbosa

 
Um curto circuito que incendeia paixões
Pode levar também a grandes desilusões
No equilíbrio se deve manter as atenções
Para que se possa gerar os bons embriões
 

Heraldo Lage
http://www.hlage.com.br
Amigos Verso & Prosa
Em 09-04-2005 - 04:29 hs.
Corrigido e ampliado
Em 17-09-2005 - 10:52 hs.
Cdor HeraldoLage
Enviado por Cdor HeraldoLage em 24/09/2005
Reeditado em 16/11/2012
Código do texto: T53323
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Cdor HeraldoLage
Santos - São Paulo - Brasil, 69 anos
46 textos (3722 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/07/20 20:56)
Cdor HeraldoLage