Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PÁSSARO FIDELIDADE

Deus sabe o quanto te amo,
e como isto tem sido importante
ao meu inquieto espírito.

Esta é uma linguagem sem metáforas,
mas os frutos dela estão prenhes.
É o meu “balde despejado”,
água cristalina.

Para exsurgir a Poesia
– benfazejo pássaro liberto –
necessária é a verdade no coração.

Quase trinta anos Dela,
a musa de meus ais,
e o meu estro
(de cinqüenta e uns..., psiuuuuu!)
não tem tantos contares mais.

O eterno é uma asa aflita,
batendo, batendo.
Não tem esta contagem surda.

Amar é a gaiola aberta
do pássaro Fidelidade.

- Do livro OVO DE COLOMBO. Porto Alegre: Alcance, 2005, p. 45
http://www.recantodasletras.com.br/poesias/54178
Joaquim Moncks
Enviado por Joaquim Moncks em 27/09/2005
Reeditado em 02/06/2009
Código do texto: T54178
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Joaquim Moncks
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 73 anos
3603 textos (907074 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/08/20 16:04)
Joaquim Moncks