Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MINUTO


                                     MINUTO



Minuto, pequena fracção de tempo,
Que tudo traz ou leva.
Em ti há muito mais contratempo,
Do que aquilo que é bom e enleva.

Num minuto, como por magia, vida nasceu,
Quase sempre entre lençóis de algodão,
Por um orgasmo que aconteceu,
Entre pai e mãe, quiçá… na escuridão.

Minuto, já deste a muitos, grande mágoa e dor,
Também já deste a alguns a sorte,
A outros foste bom, deste amor,
A todos, sem excepção, darás a morte.
Povo Lusitano
Enviado por Povo Lusitano em 30/09/2007
Código do texto: T674500

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Povo Lusitano
Portugal, 62 anos
311 textos (24343 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 21:28)
Povo Lusitano