Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CHEGADA DE D. PEDRO II À CAPITAL DA PARAÍBA

Foi no século XIX
Que Dom Pedro aqui chegou,
Era o ano cinquenta e nove
Quando ele desembarcou

Na Parahyba do Norte,
Marcando, assim, na história,
De dezembro, o vinte e quatro,
Co’ esse momento de glória.

Quando Dom Pedro II,
No gran Vapor APA,
Atracou nas belas águas
De nosso Rio Sanhauá.

A capital, com nobreza,
Fez festa pra receber
Dom Pedro e Dona Tereza
Que vieram nos conhecer.

Dom Pedro co’ a comitiva
Desceram no ancoradouro,
Lá do Porto do Capim
Que fica no Varadouro.

Aos trinta e três anos de idade
Dom Pedro seguiu a pé,
Pra conhecer a cidade,
Com espírito alegre, com fé.

Com radiante alegria
Passaram a Rua da Areia,
Também Duque de Caxias,
Que estavam tomadas, cheias

De populares fiéis,
Seguindo-os, co' animação,
Pelo o Ponto de Cem Réis
Té o Palácio da Redenção!

A nossa terra querida
Em regojiso exultava,
Louvando a Deus pela vida
Do imperador que chegava!

A terra dos tabajaras,
Coremas e cariris,
Com entusiasmo saudava
O imperador do país!

A Parahyba do Norte
Recebeu com verso e rima,
Dom Pedro e sua consorte,
Dona Tereza Cristina.

Crianças bem ensaiadas,
Num gesto belo e profundo,
Com quadrinhas decoradas
Saudavam Pedro II!

"Deus te salve, ó Soberano,
Filho de Pedro Primeiro!
Deus te salve, Augusta Esposa,
Do Monarca Brasileiro!"

Depois o casal, afixo,
Ouvindo, d'orquestra, o som,
Receberam um crucifixo
Das mãos do Padre Chacon.

E a chave da cidade,
Num gesto mui cordial,
Recebeu do presidente
Da Câmara Municipal.

Muitas foram as homenagens
Ao Monarca Brasileiro,
Que se encantou co' as paisagens
Deste Estado brasileiro!

Dom Pedro honrava a província
E a província a ele honrava,
Pois nossa terra querida
Ao nosso Dom Pedro amava!

Chegou D. Pedro, animado,
No Palácio — e comitiva;
E com grande aglomerado
De povo gritando viva!

Houve a noite uma surpresa
No Palácio da Redenção,
Um baile pra Realeza,
Causando admiração!

E o vinte e cinco natalino
Dom Pedro aqui passaria,
Agradecendo ao Divino
Jesus, José e Maria!

Passaram aqui cinco dias
Dom Pedro e sua consorte,
Sentindo o amor e a alegria
Da Parahyba do Norte.


Em vinte e seis de dezembro
Dom Pedro esteve em Pilar
E em vinte e sete partiu
Pra em Mamanguape estar.

A história de sua visita
À Vila do meu Pilar
Preparem bem os ouvidos
Que agora... eu vou contar!

© Antonio Costta
ANTONIO COSTTA
Enviado por ANTONIO COSTTA em 20/07/2020
Reeditado em 27/07/2020
Código do texto: T7011138
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
ANTONIO COSTTA
Itabaiana - Paraíba - Brasil, 48 anos
888 textos (122504 leituras)
51 áudios (1087 audições)
9 e-livros (278 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/09/20 20:57)
ANTONIO COSTTA