Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ligação

Tu és a manta amiga que me aquece nas noites frias de julho
e te escondes também numa gota de orvalho,
e nas profundezas do mar.
Sei que estás presente em meus momentos tortos
e me acompanhas em tantos sábados mortos.

Em meus dias de primavera, também comigo sorris,
e bailas comigo ao som melodioso dos sonhos
E, por vezes, adormecemos nessas tardes gris...

Ah! já choramos tanto, já choramos juntas
pelo menino de pés nus.

E tantas vezes já te desprendestes de mim
e criastes asas, na boa cadência do samba de roda

Também dormes comigo quando a inspiração me falta
e nos elevamos juntas, numa prece ao Criador

Sei que sentes, junto a mim, a falta de minha mãe

Tu és amiga, irmã e companheira
Tu és guerreira
Tu és bebida que sacia...

Eu sei que existes e vive em mim
Minha doce poesia!


(Adaptação de uma poesia feita por mim em 14/03/1981)

14 DE MARÇO - DIA NACIONAL DA POESIA


Lili Maia
Enviado por Lili Maia em 14/03/2007
Reeditado em 14/03/2007
Código do texto: T412924

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Lili Maia
Curitiba - Paraná - Brasil
485 textos (70979 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/20 04:33)
Lili Maia