Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Simbiose

A madrugada se abre esplêndida
Rasga retalhos da noite em transe
Aqui, ali, acolá em comoção cênica
A lua desmaia em pálidas nuances...

Estrelas, lumes esmaecidos pela claridade
Trazem aos amantes romantismo e calor
E os corpos unidos em bênção e lealdade
Unem-se e se alimentam com a seiva do amor...

É momento de intensa contemplação
Onde há cumplicidade de entregas e desejos
Dispersos no silêncio e na inquietação
Externada por sussurros que se apagam em beijos...

Ouvem-se sons ofegantes da alma
Em êxtase, alimentam-se por osmose
Nessa excitante interação de corpo e alma
Para viver esse prazer em perfeita simbiose...




Mena
Enviado por Mena em 04/03/2012
Código do texto: T3535420


Comentários

Sobre a autora
Mena
Brumado - Bahia - Brasil
539 textos (118965 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/03/21 05:01)
Mena