Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ama-me como sou

Nasci... Cresci... Fiquei adulta
Dos meus sonhos projetados
Para alguns deles paguei multa
Outros sonhos ficaram cansados
Outros evolaram-se, não sei
Outros reativaram perfumes
De outros sonhos que sonhei...

Sou sonhadora com os pés no chão
Fito as alturas, perscruto o universo
Observo as planícies e em cada grão
Que semeio construo meu verso
Lavado com lágrimas de alegria e dor
Resultado de cada sonho diverso
Gestado com o mais profundo amor...

Sou assim, como rio ou riacho
Que corre entre lajedo e pedregulho
Os anos passam, me perco e me acho
Entre o alarido do tambor ou o arrulho
E se me amas assim no lazer ou no cansaço
Colhe teus sonhos e junte-os aos meus
E serás feliz, bem feliz no meu regaço...

Minha mente, então, que caminha
Por entre nuvens e estrelas evanescentes
Mas desce às profundezas do oceano
Não cansa em olhar teus olhos reluzentes
Que dizem me amar a cada novo ano
Porque tua vida enlaçou-se à minha
E, amando-me assim é disso que me ufano...
Mena Azevedo


 
Mena
Enviado por Mena em 05/05/2016
Código do texto: T5626331
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Mena
Brumado - Bahia - Brasil
539 textos (118917 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/01/21 18:02)
Mena