Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Em busca da felicidade

         
Amei  mas ninguém sabia
Que jeito estranho de amar
Estranho, mas puro e transparente como o ar
Ah meu Deus, como doía

Doía tanto, mas tanto, tanto, tanto
O coração apertava, quase me sufocava
Já não sabia o que fazer
A não ser derramar-me em prantos

Sonhos, planos de vida
Promessas de um lar feliz a dois
Mas tudo não passou de promessas
Que, como ferida,
Deixou marcas e depois se foi

Será que tudo está perdido?
Ou será que, novamente, tem-se de tentar
Superar as decepções, olhar em frente e caminhar
Com a única certeza de um futuro desconhecido

Vá, mas não se perca
Se preciso for, volte e reinicie sua caminhada
Jamais espere que esta vida seca
Faça como que do nada
A felicidade em sua frente apareça
André Luiz Ribeiro
Enviado por André Luiz Ribeiro em 11/11/2007
Código do texto: T732309

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
André Luiz Ribeiro
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 50 anos
59 textos (4472 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 19:52)
André Luiz Ribeiro