Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pintora da saudade

Pintora da saudade


Pintora da saudade, é meu destino.
Ausente de ti, uso-me, sou pincel...
Apanho tintas, meus tons, em desatino,
Deitam as horas em um preto cruel

Às vezes, surge alguma rosa vermelha...
Matiz em sangue, pétalas e perfume,
Mas do sol não me cai nenhuma centelha
Pra me aquecer a alma com teu ciúme

De nós dois, ai de mim! repinto, ausentes,
O teu olhar, tuas mãos perdidas nas minhas,
A embriaguez dos nossos súplices toques...

Retrato, em mim, momentos nossos, ardentes,
Tenho-os na memória; chamas em linhas...
Meu corpo...tela feita amor sem retoques


Lizete Abrahão
Enviado por Lizete Abrahão em 04/12/2005
Código do texto: T81049


Comentários

Sobre a autora
Lizete Abrahão
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
89 textos (3370 leituras)
5 áudios (133 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/02/20 07:28)
Lizete Abrahão