Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cigana-Poeta

Cigana Cecília que lia poesia
Nas cartas e linhas da palma da mão
És gitana escritora de sangue e coração
Andarilha de letras a levar alento e magia

Por onde andava atraía olhares curiosos
Por estar sempre aberta a declamação
Levou a vida com seu jeito harmonioso
Esse dom poético vibrava inspiração

Cigana-Poeta de grande intuição
Seus olhos enxergavam versos líricos
Amenizava a dor alheia fazendo doação
De suas palavras, remédios terapêuticos.

Curando almas e corações partidos
Com voz calma a acalentar desilusão
A missão foi escrever a arte do destino
E trazia no semblante doce compaixão.

By Claudia Florindo Corrêa
30/05/19

Minha inspiração foi Cecília Meireles.
Claudia Florindo Corrêa
Enviado por Claudia Florindo Corrêa em 31/05/2019
Reeditado em 31/05/2019
Código do texto: T6661398
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Claudia Florindo Corrêa
Mangaratiba - Rio de Janeiro - Brasil, 49 anos
264 textos (3826 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/11/19 17:25)
Claudia Florindo Corrêa