Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nostalgia




Tardes tão belas e vermelhas,
tardes de primavera.
Lembrei-me ontem das tardes
que passei lindas priomaveras de minha vida.
Poderia atirar-me nelas
e com isso adentrar noite afora,
poderia continuar
com elas eternamente sonhando.
Contudo, não pude,
não tive o sortilégio
de permanecer vermelha,
como as tardes.
A noite achegou-se à minh'alma
e tornei-me errante!
Luandra Russo
Enviado por Luandra Russo em 21/04/2006
Código do texto: T142615

Comentários

Sobre a autora
Luandra Russo
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 36 anos
113 textos (9740 leituras)
1 e-livros (35 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/01/20 19:10)
Luandra Russo