Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Seus olhos em mim


Conheci seus olhos em mim
Num tempo distante
E eles diziam tanto...
Sobrevoavam o mundo
Num vôo incerto e disperso
Como num solo de guitarra
E num vôo de um pássaro.
Buscavam altura
Ternura
Expoente, rente ao mundo.
Conheci seu olhos  em mim,
E o mundo não era pequeno,
Mas cabia na palma de sua mão.
E o mundo era tão grande,
Mas cabia na palma de sua alma.
E o mundo não era longe,,
Mas cabia num cartão postal de São Paulo.
Reconheci seus olhos não em mim,
Mas na tela virtual de um computador,
E a poesia agora alcançava o mundo
E o mundo tão grande, na palma de sua mão.
Lá longe, não tão longe
Num Porto  seguro .
Reconheci seus olhos,
E o tempo indelevelmente ,
Passou...
Reconheci seus olhos,
Mas não o brilho,
Por trás do mundo,
Uma tristeza
Uma procura
De quem quer destruir
A poesia.
                                                      Márcia Rasia
Márcia Rasia
Enviado por Márcia Rasia em 02/12/2007
Código do texto: T762285

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Márcia Rasia
Barreiras - Bahia - Brasil, 51 anos
55 textos (16702 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 10:50)
Márcia Rasia