Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Solidão da Alma

Há momentos que a vida se cala
sentimos um silencio, uma grande pausa
o medo toma conta de nosso Ser
parece que tudo está se perder.

Um filme passa rapidamente
cenas em fleches do passado, do presente
e ainda as do futuro que são vistas
que jamais estavam previstas

Sentimos o mundo em nós desabar
nada de bonito nos faz alegrar
é uma ferida exposta a doer
tirando-nos o leme, sem nada poder fazer.

Assim é a solidão da alma
que hora vem e nos tira a calma
transformando a alegria, o prazer
num preto e branco, descolorindo o viver.

Ataíde Lemos
Enviado por Ataíde Lemos em 13/11/2007
Código do texto: T736223
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Ataíde Lemos
Ouro Fino - Minas Gerais - Brasil, 52 anos
5354 textos (1256319 leituras)
5 e-livros (11995 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 18:26)
Ataíde Lemos

Site do Escritor