Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AS ROSAS E SEUS ESPINHOS

Nasci na " Estação das Flores "
Todas belas e, de varias cores...
Muitos canteiros: lindos e floridos
Praças. Ruas, e belos Jardins coloridos...

Este, o retrato, da primeira infancia.
E o mundo, do meu tempo de criança
Por flores de muitos matizes, enfeitado.
Lindos, os primeiros anos do meu passado...

E, na na minha mocidade...
Das flores, as rosas, eram a preferidas
Pela variedade das petalas e cores,
Enfeitavam, nossos jardins, nossas vidas.

As minhas, mãos, hoje já envelhecidas
Anos afio, por seus espinhos maltratadas
Tinha eu, a beleza das rosas, mas, as mãos feridas.
Este, foi o preço que paguei, pela minha ingenuidade...
E, para mim hoje, restam apenas, os espinhos da saudade...

( ESTE, ESCREVI, ENTRE, AS NESTA TARDE DE SEIS (6) DE JANEIRO DE 2018, NO " DIA DE REIS ")
Josenete Dantas
Enviado por Josenete Dantas em 08/01/2018
Reeditado em 10/01/2018
Código do texto: T6220114
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
Josenete Dantas
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 78 anos
251 textos (13532 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/09/20 01:36)
Josenete Dantas