Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"O LÍRIO VERMELHO"

Ainda criança eu brincava
nos campos, nas cachoeiras,
por baixo das bananeiras
que meu pai as cultivava.

Era um menino contente
diferente do que agora,
minha lembrança que chora
tudo hoje é diferente.

Quando com desenvoltura
subia naquela cancela,
para bem pertinho dela;
Colher fruto de goiaba madura.

Ah! Mas ao descer me deparei
com pequenina tão linda,
que hoje me lembro ainda,
quando eu acariciei...

Era uma florzinha vermelha
que junto da ribanceira,
sob o mato, tão faceira
como que por mim chamasse.

Coloquei-a no caqueiro
meu lindo lírio vermelho,
tomei-o, com cuidado nas mãos;
Hoje já em extinção...

Os humens devasta o mato
com todos seus devaneios,
devasta toda floresta
leva o meu lírio no meio.

Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 25/12/2005
Reeditado em 09/02/2006
Código do texto: T90258
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Antonio Hugo/ site: www.antoniohugo.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Antonio Hugo
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 60 anos
3913 textos (262310 leituras)
185 áudios (36423 audições)
9 e-livros (7461 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 14:49)
Antonio Hugo

Site do Escritor