Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tereza

Quente, brilhante, veloz, incandescente, exuberante...Como o tesão pela vida que no coração ardia. Eram muitos e inconstantes os espaços que percorrias...E só agora olhando o céu, é possível entender. A emoção com que foi tecido o teu ser foi que te fez assim tão inconstante, apressada, fugidia...
Quem ou que planeta seria suficientemente amplo e belo para te acolher por mais tempo? Quem ou que planeta se atreveria a aprisionar a luz esplêndida, a transbordar do vasto riso e do olhar intenso?
Que lugar querida amiga, senão todo o Universo onde vivem as mais belas, distantes, inquietas e velozes estrelas?
Que lugar Terê, a não ser toda essa imensidão da qual hoje é senhora?
E é só por ter te conhecido assim, tão bela, tão fugaz...que te perdoo a pressa.
Para Tereza, grande amiga que se foi sem pedir licença...
Planeta Terra, 5/9/1994
Aurea Maria da Rocha Pitta
Enviado por Aurea Maria da Rocha Pitta em 24/07/2005
Reeditado em 03/09/2006
Código do texto: T37311
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Aurea Maria da Rocha Pitta
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 68 anos
26 textos (7793 leituras)
1 áudios (311 audições)
4 e-livros (858 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/07/20 19:57)
Aurea Maria da Rocha Pitta