Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PUREZA DA POÉTICA

Em verdade, através da Poesia imolamo-nos cristicamente. Um dentro do outro – no ventre do universo – em absoluto estado de pureza. E a emoção é a natural vertente. Decorre das mais inocentes dores do mundo ou em seu oposto de pequenez, maldades e perversão, e percorrem o mesmo rosto: lágrimas de paixão, alegria, indignação. De súbito, o nada previsto, anônimo e tirano... Aquelas vertigens que só os poetas percebem, sentem e estão conectados. E elas, por si próprias, instigam o mergulho no poço dos infernos de cada um para lavrar sua certidão de nascimento...

– Do livro O PAVIO DA PALAVRA, 2015/16.
http://www.recantodasletras.com.br/prosapoetica/5648791
Joaquim Moncks
Enviado por Joaquim Moncks em 27/05/2016
Reeditado em 27/05/2016
Código do texto: T5648791
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Joaquim Moncks
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 74 anos
3740 textos (928962 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/21 19:52)
Joaquim Moncks