Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Onde termina a areia...


Vem moça bonita, vamos passear de mãos dadas e com os pés descalços sobre a areia branca e macia da beira do lago. Sem nada precisarmos falar muitas juras de amor e promessas de adoração serão ditas pelos nossos olhos cheios de brilho e apaixonados. Em nosso silencio não sairão das nossas bocas palavras vazias, tentando convencer ou provar algo, ou mentiras envolvendo interesse. Calados e com simplicidade entregaremos a nossa carne a deleites maravilhosos que deixarão as nossas almas encantadas e cheias de paz. Quando chegarmos aonde termina a areia nós encontraremos uma relva muito verde e úmida na qual faremos o leito em que nos deitaremos nus. Romperemos então o nosso silêncio com suspiros abafados e roucos que fluirão de dentro de nós junto aos nossos gemidos alucinantes e incontroláveis. Exaustos e ofegantes descansaremos então abraçados com a nossa carne colada pelo suor que exalamos em abundância no momento da posse.
Pertinho de nós, nessa hora, dezenas de flores amarelas estarão balançando lentamente ao sabor da brisa calma e as águas do lago paradas com algumas folhas mortas flutuando sobre elas e em volta de um ganso branco em seu nado solitário e silencioso. A vida estará envolvida por um silêncio que seria total, como se a natureza estivesse se calado em homenagem ao nosso amor, não fossem as batidas fortes dos nossos corações de amantes satisfeitos e emocionados.

CARLOS CUNHA o Poeta sem limites
Enviado por CARLOS CUNHA o Poeta sem limites em 27/11/2007
Código do texto: T754339

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CARLOS CUNHA o Poeta sem limites
Japão, 63 anos
369 textos (438782 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 13:48)
CARLOS CUNHA o Poeta sem limites