Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto









“QUANDO NO CIO”.

        (Rondel).

 

Pelos mares da saudade

Navegando em largo rio,

Angariando amizade...

A bordo de um navio.

 

Minh’alma também sentiu

Por vezes a necessidade,

Pelos mares da saudade

Navegando em largo rio.

 

No amor há prioridade

Um corpo quando no cio,

Não só mata-se a vontade

Prazer nunca é tardio;

Pelos mares da saudade.







Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 25/09/2008
Código do texto: T1195362
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Antonio Hugo
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 64 anos
3954 textos (276959 leituras)
185 áudios (36738 audições)
9 e-livros (7865 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/05/21 14:19)
Antonio Hugo