Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"A BAILARINA"

Virgem, dos olhos verdes
nascestes para bailar...
os teatros que enchestes
quando estavas a dançar.

Bailarina dos amores
bailas feito um colibri,
quando está beijando as flores
bailado, igual nunca vi.

No teatro és a donzela
que no palco sempre bela
beijo-te, a mão ao sair.

Mas quando livre das danças
solta os cabelos das tranças
como é lindo o teu sorrir.
Antonio Hugo
Enviado por Antonio Hugo em 06/03/2006
Reeditado em 06/03/2006
Código do texto: T119566
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Antonio Hugo
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 64 anos
3954 textos (276800 leituras)
185 áudios (36738 audições)
9 e-livros (7865 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/04/21 00:19)
Antonio Hugo