Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cedo ou tarde

Eu vejo você fugindo desse amor
Mesmo sem conseguir, evita me olhar
Eu entendo que você me esqueceu
Só que eu não posso nem tentar.

Quantas vezes eu te disse que te amava?
Quantas vezes você pediu o meu amor?
Quantas vezes sozinha te imaginava.
E quantas vezes você disse ser só meu.

Dói pensar que tudo não passou de um sonho
Suas promessas de amor eterno se acabaram
Eu preciso tanto que a verdade seja dita

Eu não suporto viver mais com essa dúvida
Acredito no que quero? Ou acredito no que sei?
Isso machuca, mas cedo ou tarde terei que aceitar.
Marina Dalmass
Enviado por Marina Dalmass em 21/06/2009
Código do texto: T1660263

Comentários

Sobre a autora
Marina Dalmass
Bituruna - Paraná - Brasil, 27 anos
383 textos (30941 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/09/20 01:30)
Marina Dalmass