Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OÁSIS DE ETERNIDADE

ragmentos soltos dos mesmos sonhos... sim!
Pétalas de amor colhidas no jardim do infinito
Bouquets de versos perfumados só para mim...
Eu recolhi-os nos trilhos secretos do destino.
 
Eu bem te vi naquela rua de tormento...
Estavas com um manto amargo de dor...
Ah amor! Aninha-te em meu pensamento...
 Escuta a melodia dos meus versos de amor.
 
Quisera eu tecer as malhas de um novo destino
Com linhas de estrelas das novas constelações...
Derramar chuva de esperança em teu desatino.
  
Quisera eu desafiar os labirintos da saudade...
Bordar de flores o arco-íris das tuas emoções
E espargir suas cores num oásis de eternidade
Fanny Estrela
Enviado por Fanny Estrela em 22/06/2005
Código do texto: T26809


Comentários

Sobre a autora
Fanny Estrela
Portugal
230 textos (7743 leituras)
1 e-livros (103 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/07/20 23:12)
Fanny Estrela