Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

 
 
Até mesmo que eu afine minha voz,
entoe um canto que pareça sinfonia.
Deixo o canto e meu sofrimento atroz,
eu troco tudo, para te ver com alegria.
 
Talvez eu tenha que calar a minha fala,
diante de fatos ou cantigas que eu ouça.
Se isso eu faço, consciência não se cala,
mas, é meu desejo, que alguém me ouça.
 
São frágeis alguns dos meus argumentos,
que se embasa em desejos que eu tenha,
só por isso me calo e não esboço reação.
 
Por muito menos, suportei  meu tormento,
hoje espero pacientemente que tu venhas,
pra ocupar tudo que resta deste, coração.
 
27/02/2014-VEM
 
Vanderleis Maia
Enviado por Vanderleis Maia em 23/09/2014
Código do texto: T4972724
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Vanderleis Maia
Imperatriz - Maranhão - Brasil
1412 textos (122104 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/03/21 16:50)
Vanderleis Maia