Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Estado atual da arte da paz



Sinto as dores da alma em aparecimento
no corpo habitado que reclama paz,
e a alma não é culpada de dor no momento
que o corpo pede paz pois não aguenta mais

ser corpo antes são, mas que hoje adoece
por causa dessas dores que a alma traz,
que o corpo já mais velho não aguenta mais
na solicitação nunca em forma de prece

para que a dor cesse e haja descanso
e a noite simplesmente fluxo de rio manso,
habitado por sonhos ao invés de dor,

dor que rasga as águas do rio sem descanso,
águas que não conseguem nunca ser remanso
para uma água cansada em corpo sem amor.
Fabio Daflon
Enviado por Fabio Daflon em 11/08/2018
Código do texto: T6415776
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Fabio Daflon
Vitória - Espírito Santo - Brasil, 64 anos
4123 textos (101337 leituras)
14 e-livros (124 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/18 04:50)
Fabio Daflon

Site do Escritor