Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TIVE AZAR COM O MEU NASCIMENTO


                          Tive azar com o meu nascimemento,
                          O meu nascimento não foram rosas,
                          Desde ai tive  outro pensamento...
                          Cheio de espinhos com muitas prosas.

                         Eu nunca devia ter mesmo nascido,
                         Escrevo isto com tantas e boas provas,
                         Entretanto eu estou bem perdido...
                         Que existem mesmo muitas trovas.

                         Os meus pais nesta vida adormeceram,
                         Eu cá estou mesmo muito a sofrer...
                        No entanto eles então se esqueceram.

                       De que eu sou muio bem filho de Deus,
                       E que me ignoraram , no meu dizer,
                       Portanto eu vou mesmo dizer adeus.

                                 LUÍS COSTA
                                 24/06/2007
TÓLU
Enviado por TÓLU em 26/03/2020
Código do texto: T6897344
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
TÓLU
Portugal, 68 anos
1705 textos (49117 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/04/20 01:39)
TÓLU