Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONETO

SONETO
 
Eu sou brasileiro nato
E falo com ousadia
Deste meu Brasil pacato
Que só mostra covardia

A nossa Democracia
Descreve o tosco relato
Mas sem mudar o retrato
Da nossa desarmonia

O nosso rude puder
Sempre tenta corromper
Nosso Brasil leviano

De maneira demagoga
A ditadura da toga
Cala o poder soberano.
Poeta Agostinho
Enviado por Poeta Agostinho em 30/06/2020
Código do texto: T6992320
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Poeta Agostinho
Russas - Ceará - Brasil, 66 anos
1324 textos (16642 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/07/20 07:27)
Poeta Agostinho