Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SEM CIMENTO

É no próprio delito que o castigo atua,
quando quem o comete não tinha intenção;
minha vida se falta sem o dom da tua,
mesmo assim dei adeus ao calor da pressão...

Caminhar pelas noites falhou na missão
de acalmar os meus olhos com banhos de lua,
se te chamo nos traços de cada expressão
que sequer imagino que verei na rua...

Cometi meu pecado pagando este preço,
pra minh´alma quebrada nem existe gesso
e pra tal solidão sempre falta enchimento...

Desde quando parti, que viver é loucura;
nada pode forjar a menor estrutura;
falta sonho que venha servir de cimento...
Demétrio Sena
Enviado por Demétrio Sena em 18/10/2007
Código do texto: T699613
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Demétrio Sena
Magé - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
3149 textos (63174 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 08:33)
Demétrio Sena