Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONETO

SONETO

Meu timbre de vóz
Meu verso seguro
Ruma ao futuro
Bastante veloz

Eu vejo entre nós
Assunto inseguro
O mostro perjuro
Em tudo é feroz

O vate sensato
Repele o boato
E busca a certeza

Tenta ser benquisto
E vê com cristo
A nossa grandeza.
Poeta Agostinho
Enviado por Poeta Agostinho em 08/04/2021
Código do texto: T7227093
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Poeta Agostinho
Russas - Ceará - Brasil, 66 anos
1463 textos (17889 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/04/21 06:47)
Poeta Agostinho