Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INDENIZAÇÕES POR QUEIMADAS NA AMAZÔNIA EM 2019 PODERÁ CUSTAR BILHÕES DE DÓLARES E O DNIT ESTÁ PREOCUPADO COM ESSA NOTÍCIA QUE INCOMODOU O PRESIDENTE BOLSONARO - CONFIRA

MACRON DA FRANÇA DECLARA GUERRA A BOLSONARO  DO BRAZIL, E INCÊNDIOS NA AMAZÔNIA PODE GERAR INDENIZAÇÕES BILIONÁRIAS  - Leia na íntegra pra entender
(texto com recente alteração - 29 8 2019)

Viajando pelas Rodovias Federais de Rondônia e outros Estados da Região Amazônica é fácil perceber a inércia do DNIT - Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes - no sentido de adotar uma errônea medida de reflorestamento das margens das BR's, ou seja, deixam de realizar a devida limpeza do espaço compreendido entre a pista de rolamento veicular e as cercas delimitatórias das propriedades rurais particulares, que geralmente, em sua maioria, se trata de pastagens.

Essa medida do DNIT, provavelmente visa economizar recursos ou, possa ser que ele até tem-se contratado terceiros para realizar o respectivo serviço de limpeza (roçada ou gradeamento/mecanização, etc.), e talvez, as empresas contratadas, em razão de ausência de fiscalização por parte do DNIT, bem como da PRF - Polícia Rodoviária Federal, deixam trechos tomar forma de pastagens ou até mesmo de florestas, pelo que contribui para o surgimento dos focos de queimada na Amazônia.
Explico a seguir.

Talvez pelo bom senso da PRF dos Estados Amazônicos sofridos com a precariedade da pavimentação asfáltica em constante processo de deterioração,  que ocorre em virtude de engenharia de estrada com pouca técnica elaborativa na época dos   pertinentes projetos, por assim reconhecer o descontentamento doa caminhoneiros que trafegam correndo riscos  de morte, devido a buraqueira e a pouca largura das pistas únicas, sem acostamento adequado, sem terceira faixa nos aclives e declives acentuados, por compreender essas falhas e desgoverno, deixam de aplicar corretamente as medidas previstas pela legislação de Trânsito vigente.

Isso mesmo. Eles permitem a circulação daqueles caminhões antigos, chamados de "muriçoca" cujos canos de descarga do motor (escapamentos) tem suas bocas viradas para a direita, não são equipados com catalisadores e espelem uma quantidade enorme de fumaça negra.

Junto ao excesso de fumaça, apesar de não perceptível no período diurno, são lançadas faíscas, que ao atingir o volume seco do material combustível (capim) na margem da Rodovia, que em determinados trechos chegam cobrir a guia e sageta, ou até mesmo invadir a pista, causando ali um início de incêndio.

Não estou incentivando a que tire esses velhos cargueiros de circulação, estou reivindicando que seja realizado a limpeza das margens das Rodovias, pois o incêndio causados por eles iniciam junto à pista e prossegue queimando as propriedades particulares resultando em enorme prejuízo.

Talvez a instalação de escapamentos com saídas viradas para a esquerda já resolvesse esse problema, porém há outras fontes de ignição voluntárias nas margens sujas das Rodovias que são objetos metálicos com alta capacidade de retenção de calor tais como os recipientes de bebidas refrigerantes jogados (latas), CD's,  antitranspirante spray (aerosol), etc.. sem falar das bitucas de cigarro.

Nem quero pensar na possibilidade de existência de armas de energia dirigida como as do teste do pesquisador Nikola Tesla, tipo um moderno Drone ou Satélite com capacidade de lançamento, à longas distâncias, de um facho de radiação eletromagnetica (Raio Laser) fulminante.

Muitas vezes Esses incêndios são mal investigados e tem sido tratados como de origem criminosa.

Muitos reclamam da fumaça, mas quem perde mais são os proprietários rurais que perdem pastagens, cercas, animais, lavouras, ou até mesmo suas moradias e a própria vida.

Cada coisa no seu devido lugar. DNIT e DER, mantenha limpas as margens das Rodovias e evite queimadas.

Fica a dica: Se sua propriedade rural foi atingida por fogo iniciado junto à margens das Rodovias, é direito seu ajuizar Ação Reparadora do Dano contra a União e DNIT se Rodovia ou Estra Federal, exemplo (BR 364 e BR 319), contra o Estado e DER se Rodovia ou Estrada Estadual, ex. (RO 383 e RO 370), e contra o Município e Secretaria de Obras se Estradas municipais.

De igual modo quem, ao circular com seu veículo automotor, ou deixando seu veículo estacionado no acostamento das vias de trânsito para fins de reparos mecânicos, vierem a ser atingidos por fogo proveniente de queimadas da vegetação nas margens da pista, cabe ajuizar a pertinente Ação ainda que seu veículo seja assegurado. É mesmo?

É sim. O Seguro pode até lhe dar outro veículo, mas jamais cobrirá outros prejuízos. Estou referindo aos lucros cessantes. Você sabe o que é Lucros Cessantes? Sabe não?
Me procure que te explico.

Se você perdeu o controle da direção em razão de ter atingido buracos ou animais na pista, ou qualquer objeto ou material, e seu veículo é danificado total ou parcial, cabe ação de reparação.

O IPVA deve ser aplicado em melhorias das vias de trânsito a fim de garantir nosso conforto e segurança. A privatização das Rodovias não gera direito de cobrança de Pedágios a menos que isente os usuários da obrigatoriedade ao pagamento do IPVA.

Sendo pública ou privatizada às vias, devem ser conservadas e mantidas sem obstrução e sem riscos objetivos de acidentes.

Quem conhece o Ordenamento Jurídico brasileiro sabe bem o que estou falando.

Se ao sair da pista não chega capotar, mas danifica ao chocar com árvores na margem da pista, também cabe Ação Reparadora.
Demora receber mas recebe.

24 de agosto de 2019
Eliozani Miranda Costa
Normalista e Bacharel em Direito
69984060100

Se gostou do texto COMPARTILHE
Assim você poderá ajudar quem precisa dessa informação.
E os Órgãos responsáveis, a partir de uma enxurrada de Ações Judiciais pedindo Indenizações, passarão a atuar com mais seriedade e respeito aos cidadãos pagadores de Impostos.

Observação Curiosa:
Há suspeita de que Macron , com apoio do IBAMA e SEDAM, chama INCRA para demarcar grande área de Floresta Amazônica para amigos venezuelanos.

Salvo equívoco das noticias falsas ou humorísticas, Macron financia reagente químico para desmatamento por meio de pulverização aérea, método esse já testado por deputados estaduais em Rondônia (Costa Marques), e no Amazonas (Canutama).

Trata-se do herbicida que seca instantaneamente a folhagem das árvores matando-as em seguida com auxílio do fogo.

O Presidente da França se arrepende de ter aplicado essa modalidade de desmatamento que se compara a técnica de Guerra do Vietnã,  e resolve romper o pacto com Lula , abandonar o mega assentamento internacional  de venezuelanos, e oferece 20 bilhões  de propina ao Presidente BOLSONARO  para combater o incêndio no AMBR e não ser condenado e preso.

Os 3 últimos parágrafos acima são meramente ilustrativos afim de alertar sobre a propagação de fack News.

Tatunge Nare
Tatunge Nare
Enviado por Tatunge Nare em 24/08/2019
Reeditado em 11/09/2019
Código do texto: T6728279
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tatunge Nare
Campo Novo do Parecis - Mato Grosso - Brasil
528 textos (44471 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/19 22:41)
Tatunge Nare