Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ACRÓSTICO: CIDA PERES

Cantam ventos na flauta da floresta,
Ingrato coração  que nada sente!
Dói-me no peito a ingratidão em festa!
A minha musa foge-me da mente!

Preciso homenagear, ao som da brisa,
Estrela da poesia que venero!
Receba de minh’alma, já imprecisa,
Este acróstico simples, mas sincero,
Sublime e grandiosa poetisa!!
Lucan
Enviado por Lucan em 07/07/2006
Código do texto: T189283
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lucan
Salesópolis - São Paulo - Brasil, 85 anos
1985 textos (86939 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 21:53)
Lucan