Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cronologia Bíblica: estamos no ano 6118.

 Na Cronologia Bíblica o ano 2012 corresponde ao ano bíblico 6119,
 E NÃO  5772 como querem os judeus.

   A seguir, expomos a Cronologia Bíblica, dos fatos  históricos narrados pela Bíblia, de 4107 a.C. quando Adão e Eva foram criados por Deus, até  446 a.C. quando Neemias começa a reconstruir Jerusalém, e depois segue-se pelo Calendário Gregoriano, até 138 d.C.,
 e completamos com "Diferença entre a Cronologia Bíblica e o   Calendário Israelita"
 e "Doze mil anos: desde a criação do mundo até 2023 d.C.",
 e Calendário Milenar Bíblico.

Antes de      Depois de             CRONOLOGIA BÍBLICA
Cristo           Adão
4107-3177   0000-0930  Adão    viveu   930 anos ........(Gn 1 e 2)
3977-3065   0130-1042  Sete        “     912  “ ...(Gn 4:25 , 5:3-8)
3872-2967   0235-1140  Enos        "     905  "...(Gn 4:26 , 5:6-11)
3782-2872   0325-1235  Cainã       “     910  “ .......... (Gn 5:9-14)
3712-2817   0395-1290  Maalaleel  “     895  “......... (Gn 5:12-17)
3647-2685   0460-1422  Jerede      "    962  “ ..........(Gn 5:15-20)
3485-3120   0622-0987  Enoque:    “    365  “ ......... (Gn 5:18-24)
3420-2451   0687-1656  Matusalém “    969  “ ........ (Gn 5:21-27)
3233-2456   0874-1651  Lameque:   “   777  “ ..........(Gn 5:25-31)
3051-2101   1056-2006  Noé           "   950  " . (Gn 5:28-32 ,9:29)
2451-2450   1656-1657  dilúvio universal .....  (Gn 7:6-24 , 8:1-14)
2549-1949   1558-2158  Sem      viveu 600 anos  (Gn 9:26 , 14:18)
2449-2011   1658-2096  Arfaxade    "   438  " ........ (Gn 11:12-13)
2414-1981   1693-2126  Salá          “   433  “ ........ (Gn 11:12-15)
2384-1920   1723-2187  Heber        “   464  “ ........ (Gn 11:14-17)
2350-2111   1757-1996  Pelegue     “    239  “ ......... Gn 11:16-19)
2320-2081   1787-2026  Reú           “   239  “  ........(Gn 11:18-21)
2288-2058   1819-2049  Serugue     “   230  “ ........ (Gn 11:20-23)
2258-2110   1849-1997  Naor          “   148  “ ........ (Gn 11:22-25)
2229-2024   1878-2083  Terá          “   205  “  ....... (Gn 11:24-32)
2159-1984   1948-2123  Abraão       “   175  “  ......(Gn 11:2, 25:7)
2060-1881   2047-2226  Isaque       “   180  “  .....(Gn 21:5, 35:28)
2001-1855   2106-2252  Jacó          “   147  “  ....(Gn 25:26 47:28)
1956-1931   2151-2176  Jacó estuda c/Sem e Heber (Gn28),(*006)
1931           2176          Betel/Luz a 20km de Salém ..(Gn28:11-19)
1931           2176          Jacó casa-se com Lia, Raquel, Zilpa/Bila

1923          2184     Jacó e Lia geram a Rúben....... (Gn 29:32)
1921          2186     “      “   “    “      a  Simeão.....(Gn 29:33)
1920          2187     “      “   “    “      a  Levi.........(Gn 29:34)
1919          2188     "      "   "     "      a  Judá ...... (Gn 29:35)
1918          2189     Jacó e Bilá   “      a  Dã  ...... (Gn 30:1-6)
1917          2190     “      “  “     “      a  Naftali.......(Gn 30:8)

1916          2191     Jacó e Zilpa “      a  Gade ... (Gn 30:9-11)
1915          2192     Jacó “  “     “      a  Aser ...(Gn 30:12,13)
1914          2193     Jacó e  Lia  “      a  Issacar ... (Gn 30:18)
1913          2194      “     “   “    “      a  Zebulom ..(Gn 30:20)
1912          2195    Jacó e Lia geram uma filha, Diná(Gn 30:21)
1911          2196    Jacó e Raquel geram a José (Gn 30:22-25)

1904          2203    Jacó sai de Padã-Harã ......... (Gn 31:7,41)
1903          2204    Jacó e Esaú reconciliam-se ......... (Gn 32)
1901          2206    Jacó edifica Sucote em Hebrom (Gn 33:17)
1899          2208    Diná é violada por Siquém.............(Gn 34)
1898          2209    Bela, filho de Diná ?   (Gn 36:32, 46:15,21)
1895          2212    Benjamim filho de Jacó e Raquel (Gn 35:18)
1895          2212    José vendido p/o Egito aos 17 anos(Gn 37)
1882          2225    José é governador do Egito  (Gn 41:37-49)
1875          2232    Efraim filho de José nasce... (Gn 41:50-52)

Bela, filho de Diná e do heveu Siquém  (ou do horeu Bela, rei de Edom), foi posto na genealogia, como sendo filho de  Benjamim.

Jacó foi  avô de Bela,  e bisavô de Arde (Adar), Gera, Naamã,  Aoa ( Noa/Rôs ) e Ir/Iri (Eí),  filhos de Bela; e tataravô de Supim (Mupim) e Hupim,  filhos de Ir/Iri  ( Eí ), por volta de 1872,  quando ele,  Jacó, chega ao Egito.
Quando Bela tinha 4 anos e José 17 anos, em 1895 a.C. Benjamim  nasceu. E Benjamim aos 16, gerou a Asbel, a Béquer  (Aará/Jediael) (1Cr 7e 8). Benjamim tinha 24 anos quando chegou ao Egito (Gn 43:29-34)   e sendo assim, como podia ser avô de Gera e Naamã?  Eles eram, na verdade, filhos de Bela.

1802-1403  2305-2704   400anos:escravização e aflição de Israel
1872-1443  2235-2664   430 anos que Israel habitou no Egito
                                                           
“... então, lhe foi dito por Deus: Sabe, com certeza que a tua posteridade será peregrina em terra alheia e será reduzida à escravidão, e será afligida por 400 anos...
Na quarta geração, tornarão para aqui (Canaã)” (Gn 15:13,l6)

  EFRAIM FOI A QUARTA GERAÇÃO DE ABRAÃO (Gn 15:16)

  Efraim foi a quarta geração de Abraão, nesta  seqüência: Isaque, Jacó, José e Efraim, e isto foi em conseqüência de Jacó ter negado a benção de primogenitura para Rúben, o filho mais velho, porque esse o desonrou, copulando com sua concubina Bila (Gn 35:22 , 49:3,4).

 E reverteu essa benção para o seu neto Efraim, filho de José, a quem Jacó tomou como filho seu (Gn 48:5-22).
 E com isto, Efraim passou a ser o herdeiro de Jacó.
 Com o falecimento de José, em 1802, Efraim vai pra Canaã e toma posse de sua herança (1Cr 7:21-24).

Iniciam-se os 400 anos do tempo em que os israelitas habitaram no Egito: 360 anos  seriam afligidos e reduzidos a escravidão e mais 40 anos no deserto do Sinai, quando então entram e tomam posse de Canaã em 1403 (Êx 1).

Entretanto, desde a ida de Jacó com toda a sua casa (setenta  pessoas) que pra lá foram em 1872 (Gn 46:27), até a saída dos hebreus do Egito, em 1443, no Êxodo, totalizaram 430 anos
(Êx 12:40,41).

Não devemos confundir esse tempo de habitação com o tempo estipulado por Deus para que os israelitas peregrinassem em terra alheia, fossem reduzidos a escravidão e também afligidos por 400
anos.
Esses 400 anos iniciam-se com a morte de José e de todos os seus irmãos e de toda aquela geração (Êx 1:6), em 1802, e com a ascensão da quarta geração em Efraim.
E foi consumada em 1403 a.C., quando os israelitas entram e começam a tomar posse de Canaã, conforme a promessa de Deus.
E isso só aconteceu depois de “se encher a medida da iniqüidade dos amorreus” (Gn 15:16).

Duas grandes iniqüidades fizeram os amorreus:

A primeira, terem sidos membros da coligação dos “hicsos” (hititas/ heteus da Assíria, hagarenos, ismaelitas, edomitas, moabitas, amonitas, amalequitas, gebalitas – Sl 83:6-8).
Estes hicsos dominaram o Egito, de 1802 a 1523 ou 1443 a.C., e reduziram os hebreus a escravidão.

A segunda quando os amorreus chegam ao máximo de sua idolatria e blasfêmia: Adoni-Zedeque se torna rei de Jerusalém, e com esse nome profana o nome de Deus que é também “Adonai”, e se assenhora da cidade santa, a cidade de Melquisedeque, como um deus-rei.
O nome desse rei quer dizer “Deus da Casa da Justiça” (Js 10).

Tanto Efraim como Judá deixaram descendência em Canaã, desde 1802; e quando Josué, efraimita, e Calebe, judeu, foram espiar a terra dos cananeus, em 1442, depararam-se com seus ancestrais, e tiveram uma visão positiva de Canaã, ao contrário dos demais espias (Nm 13).

Seerá, filha de Berias e neta de Efraim, edificou as cidades de
Bete-Horom e Uzém-Seerá, e esta deve ter sido a mesma reedificada Timnate-Sera, que Josué pediu a Deus  (1Cr 7:24 , Js 19:50).

Bete-Horom existia na tomada de Canaã e foi dada à tribo de
Efraim (Js 21:20-22).

Os efraimitas eram suigeneris no seu modo de falar, contaminados que foram ao longo de séculos, na sua convivência com os cananeus (Jz 12).

 No Egito, Efraim gerou a Sutela, que gerou a Berede, que gerou a Taate, e estas três gerações foram conhecidas por José
(Gn 50:22-26).
Em Canaã, Efraim gerou a Ezer e Eleade, que foram mortos pelos habitantes de Gate (1Cr 7:21).
Depois, Efraim gerou a Berias, que gerou a Refa, que gerou a
Resefe, que gerou a Tela, que gerou a Taã, que gerou a Ladã, que gerou a Amiúde, que gerou a Elisama, que gerou a Num, que gerou a Josué.

Foram 14 gerações de Efraim; o que dá uma média de 28 anos por geração (do nascimento de Efraim em 1875 até ao nascimento de Josué em 1485 a.C.).

José morreu no Egito em 1802, e não foi permitido aos israelitas o sepultarem em Canaã, como o foi com Jacó
(Gn 50:22-26). Havia começado a aflição dos hebreus pelos “hicsos” que reinavam no Egito.

Antes de      Depois de              CRONOLOGIA BÍBLICA
Cristo           Adão
1522-1403   2585-2704  Moisés ............... (Êx 6:16-27 , Dt 34:7)
1485-1376   2622-2731  Josué filho de Num ... (Js 14:6-10, 24:29)
1443-1403   2664-2704  Êxodo:40 anos dos israelitas no deserto
1403-1376   2704-2731  Josué: juiz de Israel por 28 anos  (*007)
1376           2731       Guerra civil em Israel com o extermínio
                               da sub-tribo dos Belamitas .....(Jz 18 a 21)
1375-1368   2732-2739  Cusã-Risataim domina Israel ...(Jz 3:8-10)
1368-1329   2739-2778  Otniel juiz p/40 anos (Jz 1:11-13, 3:9-11)
1329-1312   2778-2795  Eglom, moabita, reina 18 anos em Israel
1329-1290   2778-2817  Eúde liberta Israel e é juiz  por 80 anos
1289-1250   2818-2857  Débora, juíza por 40 anos....... (Jz 4:4,32)
1250-1244   2857-2863  domínio midianita s/Israel p/7 anos(Jz 6:1)
1244-1205   2863-2902  Gideão juiz de Israel por 40 anos(Jz 6 a 8)
1205-1203   2902-2904  Abimeleque, reina 3 anos.............. (Jz 9)
1203-1181   2904-2926  Tola juiz por 23 anos em Israel (Jz 10:1,2)
1181-1160   2926-2947  Jair    “   “   22    “     “     “    (Jz 10:3-5)
1160-1155   2947-2952  Jefté  “   “    6    “     “     “       (Jz 12:7)
1155-1149   2952-2958  Ibsã   "    "   7     "     "     "   (Jz 12:8-10)
1149-1140   2958-2967  Elom   “   “  10    “     “     “  (Jz 12:11,12)

Eúde, benjamita, foi juiz por 40 anos, sobre regiões de Israel que não estavam sob o domínio estrangeiro, paralelamente ao juiz Otniel e nos 40 anos, já na sua década final, também foram juízes, com ele, mas em outras regiões de Israel:
Sangar e Débora (Jz 3 a 5). Os filisteus dominavam  parte de Israel, por 18 anos, e os amonitas   em outras.
Este período dos juízes está bem delimitado (Jz 11:26 e 1Rs 6:1)

JEFTÉ
 Jefté diz ao rei amonita, que os “filhos”de Jacó (Israel) já tinham se apossado das áreas reclamadas por aquele rei, e que eles,   os israelitas, já estavam ali há 300 anos (Jz 11:26).
 Jefté, computa ai, à posse de Jacó, por 50 anos, 1904-1855 , e a
confirmação dessa posse, por meio  de guerra, quando Moisés e Josué vencem os amonitas e ocupam aquelas terras, em 1404;   e  em 1155 a.C. os israelitas ainda estão ali.
No governo de Jefté (1160-1155) acaba o poder da supremacia efraimita: das dez tribos de Israel sobre Judá/Benjamim (Jz 12).

Antes de     Depois de             CRONOLOGIA BÍBLICA
Cristo          Adão
1140-1133   2967-2974  Abdom juiz 8 anos em Israel  (Jz12:13-15)
1133-1114   2974-2993  Sansão “   20   “    “   “  (Jz 13:25-16:31)
1114-1075   2993-3032  Eli        "   40   "    "    "  .......(1Sm 4:18)
1075-1045   3032-3062  Samuel  "   31   "    "   "   ......(1Sm 7 e 8)
1045-1008   3062-3099  Saul, rei de Israel por 38 anos   (At 13:21)
1008-1006   3099-3101  Is-Bosete, reina por 2 anos  (2Sm 2:1-11)
1035-  966   3072-3141  Davi: nascimento e morte        (2Sm 5:4)
1006-  966   3101-3141  Davi,    reinou 40,5 anos em Israel
  966-  927      966-927  Salomão  “      40    “       “  (1Rs 11:42)

Davi, reinou 7,5 anos sobre Judá em Hebrom, e 33 anos sobre
todo o reino de Israel (2Sm 2:11 , 5:4,5). Depois dele reinou  seu filho Salomão, e no 4º ano do reinado de Salomão, em 963, começaram   a erguer o Templo de Jerusalém, 480 anos depois do Êxodo (1Rs 6:1).

calendário   calendário      CRONOLOGIA BÍBLICA
Bíblico        gregoriano      reis do reino de Judá

927-911      927-911      Roboão reinou 17 anos ........ (1Rs 14:21)
910-908      910-908      Abias      “       3   “     .......(1Rs 15:1,2)
908-868      908-868      Asa        “      41   “     .....(1Rs 15:9,10)
868-844      868-844      Josafá     “      25   “     .. (1Rs 22:41,42)
847-840      847-840      Jeorão     “       8   “       .. (2Rs 8:16,17)
840            840             Acazias   "       1   "   (2Rs 8:25,26, 9:29)
839-834      839-834      Atalia      “       6   "   ........... (2Rs 11:3)
834-795      834-795      Joás        “     40   “     ........  (2Rs 12:1)
797-769      797-769      Amazias   “      29  “  .......... (2Rs 14:1,2)
                   *vácuo de doze anos entre 769-757
757-706      ???-743*     Azarias (Uzias) reinou 52 anos  (2Rs 15:1)
705-690      742-727      Jotão   reinou  16 anos  .. (2Rs 15:30-33)
690-675      727-712      Acaz       “      16   “      .... (2Rs 16:1,2)
675-647      712-684      Ezequias  “      29   “     .... (2Rs18:1-10)
656-602      693-639      Manassés “      55   “      .......(2Rs 21:1)
602-601      639-638      Amon       "       2   "       .....(2Rs 21:19)
601-571      638-608      Josias      “      31   “     ....... (2Rs 22:1)
571             608           Jeoacaz    “       3 meses ..... (2Rs 23:31)
571-561      608-598      Jeoaquim  "      11 anos   .......(2Rs 23:3)
561            598        Joaquim    “        3 meses ...... (2Rs 24:8)
561-551     598-588**   Zedequias “      11 anos    .....(2Rs 24:18)

     Os historiadores datam o reinado de Azarias (Uzias) de 773-736 e isto dá  só 37 anos de reinado, quando o correto é 52 anos pela Bíblia, que entrelaça as datas dos reinos de Judá e Israel.
     O reinado de Azarias foi de 757-706 pela Cronologia Bíblica (ver abaixo apêndice desta Cronologia).
     Em reformas muito posteriores a Ezequiel, por terem constatado que essa diferença era de 37 anos, os cronologistas assinalam isto de modo sutil, ao mencionarem um episódio sem muita importância na Bíblia: o 37º ano do rei Joaquim, em 562 a.C., que exilado em Babilônia, passa a ser convidado de honra do rei Evil-Merodaque (2Rs 25:27).
    Desta forma, demarcam este fato para a posteridade ( anos 598-562=37, respectivamente o 1º e o 37º ano do reinado de Joaquim, que nem reino tinha mais), mas que é utilizado para demarcar a diferença do calendário babilônio (igual ao Juliano e por consequência ao Gregoriano) e da Cronologia Bíblica.
    Esta diferença de 37 anos entre o Calendário Juliano e o Bíblico se constata a partir do ano em que finaliza o reinado de Amazias em Judá, em 769 a.C.
    Como a Cronologia Bíblica encerra-se em 588 a.C. no fim do
reinado de Zedequias em Judá, o calendário Juliano  ficou livre pra continuar com o seu erro no mundo ocidental.

calendário    calendário    CRONOLOGIA BÍBLICA
Bíblico         gregoriano    reis do reino de Israel
927-906       927-906      Jeroboão I reinou  22 anos    (1Rs 14:20)
907-906       907-906      Nadabe      “          2  “        (1Rs 15:25)
906-883       906-883      Baasa        “        24   “   (1Rs 15,28,33)
883-882       883-882      Elá            “          2  “    .... (1Rs 16:8)
882-871       882-871      Onri           “        12  “   (1Rs 16:21-23)
871-850       871-850      Acabe        “        22  “    .. (1Rs 16:29)
852-851       852-851      Acazias      “          2  “       (1Rs 22:52)
851-840       851-840      Jorão         "         12  "      ....(2Rs 3:1)
840-813       840-813      Jeú            “        28  “       (2Rs 10:36)
812-796       812-796      Jeoacaz      “        17  “     ....(2Rs 13:1)
798-783       798-783      Jeoás         “        16  “     ...(2Rs 13:10)
783-743       783-743      Jeroboão II  "        41  "     ... (2Rs14:23)
743-720       *   -    * 23 anos não computados no trono de Israel
720              *         Zacarias/ Salum, reis de Israel  (2Rs 15:8,13)
719-710       *    -747     Menaém  reinou 10 anos   (2Rs 15:14-17)
708-707       745-744      Pecaías     “       2   “    ......(2Rs  15:23)
706-687       743-724      Peca,        “      20  “   ...... (“ 15:25-27)
678-670       715-707      Oséias,      “       9   “   ..... (2Rs 17:1-6)

 * no 27º ano do reinado de Jeroboão II, em 757, começou a reinar Azarias (Uzias) em Judá (2Rs 15:1). Jeroboão II reinou por mais 14 anos, ao todo 41 anos, e terminou o seu reinado em 743, que era o 15º ano do reinado de Azarias (Uzias); seu filho Zacarias, reinou em seu lugar, a partir do 38º ano do reinado de Azarias (Uzias), em 720 a.C.  Portanto há ai, um vácuo de 23 anos não explicado; anos que sumiram.
     Lemos na Bíblia que foram “acrescentados” mais 15 anos à
vida do rei Ezequias, justamente quando a Terra inclinou dez graus nos seus polos (2Rs 20:6-11); e de que Daniel afirmou que “Deus muda o tempo e as estações” (Dn 2:21).
                                                   
 Antes de     CALENDÁRIO JULIANO/GREGORIANO
 Cristo
606-537    cativeiro babilônico     ...............(Dn 1:1,2 , 2Cr 36:6)
562          Joaquim é liberto do cárcere    ................(2Rs 25:27)
538           edito de Ciro II       .................(2Cr 36:21-23 , Ed 1)
537           Sesbazar,  governador de Judá  ............(Ed 5:14-16)
523-517     Zorobabel reedifica oTemplo   .............(Ed4:24 6:15)
459           Esdras, sacerdote chega a Jerusalém   .........(Ed 7:8)
446           Neemias, governador de Judá     ..........(Ne 2:1 , 8:9)

                 REIS PERSAS
559-530      Ciro II ................. rei do império persa
530-522      Cambises II .....................rei da Pérsia
522-486      Dario I, filho de Histaspes,”  “      “
486-465      Xerxes I,  filho de Dario I,  “  “      “
465-425      Artaxerxes I Longimanus,  “   “      “
424-404      Dario II,   filho de Oxos,    “   “      “
404-359      Artaxerxes II Mnemon,       “   “      “
359-338      Artaxerxes III Ochos,         “   “      “
338-336      Arses,  .............................   “    “     “
336-331      Dario III Codomanos,         “    “     “
336-323      Alexandre Magno, rei da Grécia

                REIS EGÍPCIOS
323-285     Ptolomeu I Soter
323-285     Ptolomeu I Soter
285-246     Ptolomeu II Filadelfos
246-221     Ptolomeu III Evergetes
221-204     Ptolomeu IV Filopator
204-181     Ptolomeu V Epífanes
181-145     Ptolomeu VI Filometor
181-145     Ptolomeu VI Filometor

                REIS SELÊUCIDAS
312-281     Seleuco I Nicator
281-261     Antíoco I Soter
261-246     Antíoco II Teós
246-226     Seleuco II Calinicos
246-226     Seleuco III Ceraunos
223-187     Antíoco III o Grande
187-175     Seleuco IV Filopator
175-164     Antíoco IV Epífanes
164-162     Antíoco V Eupator
162-150     Demétrio I Soter
153-145     Alexandre I Balas
145-139     Demétrio II Nicator
139-129     Antíoco VII Sidetes
129-125     Demétrio II Nicator

                REIS HASMONEUS (em Judá)
160-142     Jonatas (Macabeus)
142-134     Simão   (     “          )
134-104     João Hircano I
104-103     Aristóbulo I
10 3- 76     Alexandre Janeu
  76 - 67     Salomé Alexandra
  67 - 63     Aristóbulo II
  63 - 40     Hircano II
  40 - 37     Antígono

                         REIS IDUMEUS (em Judá)
  40 a.C.-  4 a.C.  Herodes

                         tetrarcas e procuradores (em Judá)
4 a.C. -  6 d.C.     Arquelau
4 a.C. - 39 d.C.     Herodes Antipas
4 a.C. - 34 d.C.     Filipe
26 d.C.- 36 d.C.    Pôncio Pilatos
41 d.C.- 44 d.C.    Agripa I  (rei-vassalo de Roma)
48      - 52 “ “      Ventídio Cumano
52      - 60 " "      Antônio Félix
60      - 62 “ “      Pórcio Festo
62      - 64 “ “      Albino
64      - 66 “ “      Géssio Floro
66      - 74 “ “      1ª  revolta judaica
           70 “ “       queda de Jerusalém
           74 “ “       queda de Massada
50    - 100 “ “       Agripa II   (rei)
132   - 135 “ “      2ª  revolta judaica

                         REIS ROMANOS  
63 a.C.                Pompeu em Jerusalém
29 a.C. - 14 d.C.   César Augusto
14 “ “   - 37 “ “     Tibério  
37 d.C. - 41 d.C.   Calígula
41 “ “   - 54 d.C.   Cláudio    
54  “ “  - 68 “ “     Nero
68  “ “  - 69 “ “     Galba/Oto/Vitélio
69  “ “  - 79 “ “     Vespasiano              
79 “ “   - 81 “ “     Tito
81”  “   - 96 “ “     Domiciano
96 “ “   - 98 “ “     Nerva
99 “ “   -117 “ “    Trajano
117 “ “ -138 ” “     Adriano

*******************************************************

DIFERENÇA ENTRE A CRONOLOGIA BÍBLICA E O CALENDÁRIO ISRAELITA
     Em 2010, os israelitas comemoram o ano 5770; mas pela Cronologia Bíblica estaremos no ano 6117.
    Desde a criação de Adão até ao nascimento de Cristo, decorreram 4107 anos, mais 2010 anos de Cristo até hoje.
    Há um erro aí, portanto, de 347 anos.

    Como se explica isto?

    Os comentaristas da Torá dizem que os 430 anos em que os
israelitas permaneceram no Egito (Ex 12:40) devem ser contados a partir do pacto que Deus fez com Abraão (Gn 15:13-18).

Este pacto foi feito em Canaã (Gn 15:16) quando Abraão tinha  85 anos em 2074 a.C. (Gn 12:4, 16:3).

     Dizem eles que os israelitas ficaram só 210 anos no Egito, e não 400 como diz sua Torá (Bíblia).

 Além disto dizem que, desde o nascimento de Isaque, em 2060 a.C., até a saída dos hebreus do Egito, em 1443 (Êx 12:40), transcorreram só 400 anos.  (*010).

    Os israelitas saíram do Egito em 1443 a.C., logo, teriam se passado 631 anos, se prevalecesse esta tese judaica.

    Se fosse assim, como eles teorizam, a promessa de Deus, “de que a descendência de Abraão seria peregrina em terra alheia, e reduzida à escravidão, e afligida, por 400 anos” não teria se cumprido plenamente, pelo excesso de anos (Gn 15:13).

    Como já afirmamos acima, os 400 anos devem ser contados a partir de Efraim, quarta geração de Abraão, quando Efraim vai pra Canaã, em 1802 a.C. e toma posse da herança que Jacó, seu avô e “pai adotivo” lhe deixou em 1855  (Gn 48:5,14,16,19,20).

    E o término destes 400 anos se dá quando os israelitas, comandados por Josué, vencem os seus inimigos e entram em Jericó e passam a ocupar Canaã, a partir de 1403 a.C. (ou seja: 1802-1443= 360 anos no Egito + 40 anos no deserto do Sinai).

    Também afirmamos acima que os 430 anos iniciam-se quando Jacó sai de Canaã, junto com a sua clã de 70 pessoas, e vai para o Egito, em 1872 a.C., e lá ficam; e sua descendência depois dele, até 1443 a.C., quando se inicia o Êxodo (Êx 12:40).

    Cremos que o calendário israelita inicia-se no início do Sétimo Dia (sétimo milênio da Criação), quando Abel foi morto por Caim, em 3981, ou quando nasceu Sete, em 3977 a.C.:

    Esta diferença de 347 anos entre estes dois calendários apura-se tomando-se por base o ano do nascimento de Sete:

    Os comentaristas israelitas, no afã de fazerem de dois resultados diferente em um só (400 e 430 anos) erram ao não se darem conta que são dois acontecimentos diferentes narrados.

    Dizem também tais exegetas judeus que o Calendário Israelita inicia-se com a criação de Adão, por Deus.

    Entretanto, não se pode comprovar isso, pois,  este calendário foi elaborado no ano 300 d.C. pelo último chefe (Nassi) da região da Palestina, Hilel Hasheni.

     É mais razoável que Hilel tenha iniciado este calendário datando o primeiro ano no nascimento de Sete, em 3977 a.C., pois, se assim não fosse, eles não seria um “povo de  Deus”, pois o “povo de Deus” inicia-se com Sete.

     Outro equívoco dos exegetas judeus é terem a  data inicial para a criação de Adão, como sendo o ano 3800 a.C.

Este equívoco dos judeus  faria com que o seu ano 5770 fosse o ano 5810 (desde Adão até Cristo = 3800 anos + 2010 = 5810).

Além do que dá uma diferença de 307 anos entre  a correta data da criação de Adão, 4107 a.C. e a datação deles em 3800.

     Hilel Hasheni iniciou a datação do Calendário Israelita tomando por base o ano do nascimento de Sete (o nascimento do “povo de Deus”) e se equivocou na data correta.

Ao invés de 3977 a.C. datou como sendo 3800 a.C. este nascimento de Sete. Este equívoco produziu um erro de 177 anos.

Some-se a estes 177 anos a diferença de 13 anos do equivocado ano do nascimento de Jesus (que se deu no ano 13 a.C. e não no ano 1 do calendário juliano/gregoriano) e teremos um total de 190 anos a menos na Cronologia Bíblica.

    Isto explicaria o porque de os exegetas  judeus quererem afirmar que os israelitas permaneceram só 210 anos no Egito ao invés de 400 (diferença de 190 anos) desmentindo a sua própria Torá e a Bíblia, que afirmam que foi de 400 anos.

     Conclusão: a contagem do Calendário Israelita inicia-se no nascimento de Sete, em 3977 a.C. e não com a criação de Adão.

O MUNDO FOI CRIADO HÁ DOZE MIL ANOS (9977 a.C-2023 d.C.)

  Na Cronologia Bíblica o ano 2012 será simplesmente o ano bíblico 6119, que se iniciou quando Deus criou Adão e Eva.
Entretanto, em termos de fenômenos cosmológicos, 2012 será um ano  em que haverá muita devastação na Terra, como o foi em 2004.
A causa disto é a ultrapassagem (trânsito) do plano da órbita da Terra, por Vênus, no ponto em que ambos estão em conjunção inferior, no seus periélios, e que é  também o ponto em que estão mais próximos um do outro, a cada 113,5 ou 129,5 anos.
Nada tem a ver com as místicas e fantasiosas previsões dos maias sobre fim do mundo.
                                     
  "Quem é este que escurece os meus desígnios com palavras sem conhecimento? ... pois eu te perguntarei, e tu me farás saber. Onde estavas tu, quando eu lançava os fundamentos da terra? Dizes-mo, se tens entendimento.
Quem lhe pôs as medidas, se é que sabes?
Ou quem estendeu sobre ela (a terra) o cordel?
Sobre que estão fundadas as suas bases ou quem lhe assentou a pedra angular* (Jesus) (At 4:11, Sl 118:22) quando as estrelas da alva, juntas, alegremente cantavam (Mt 2:2,7,9,10), e rejubilavam todos os filhos de Deus? ..." (Jó 38:2-7).

Perguntamos nós: acaso os cientistas, tão seguros de si mesmo, estavam lá, quando Deus criou todas as coisas?
Por que afirmam com tanta segurança que beira a arrogância, que a Terra tem milhões de anos, e até brigam entre si, para ver quem acrescenta mais milhões nesta suas contagens tolas e bombásticas, se não podem acrescentar um milionésimo de segundo à sua existência?

Se na Cronologia Bíblica, Deus que sempre e eternamente esteve, está e estará lá, nos revela que a Terra tem quase DOZE MIL ANOS (será em 2023, faltando doze anos para isso), quem são eles para contradizer o Criador?

CRONOLOGIA MILENAR BÍBLICA

9977 – 1000 = 8977 a.C.= Primeiro Dia ..(Gn 1:5)
8977 – 1000 = 7977 a.C.= Segundo Dia .. (Gn 1:8)
7977 – 1000 = 6977 a.C.= Terceiro Dia  (Gn 1:13)
6977 – 1000 = 5977 a.C.= Quarto Dia ...(Gn 1:19)
5977 – 1000 = 4977 a.C = Quinto Dia ... (Gn 1:23)
4977 – 1000 = 3977 a.C =  Sexto Dia .....(Gn 1:31)

*4107 - Adão e Eva são criados por Deus .(Gn 1:26)

3977 – 1000 = 2977 a.C. = 7º Dia de Deus = 1º Dia do Homem

*3977 - nasce Sete, terceiro filho de Adão (Gn 5:3)
 
2977–1000=1977 a.C.=1ºnovo Dia de Deus=2ºDia do Homem
1977–1000=  977 a.C.=2ºnovo Dia de Deus=3ºDia do Homem
  977–1000=  023 d.C.=3ºnovo Dia de Deus=4ºDia do Homem
  023+1000=1023d.C.=4ºnovo Dia de Deus=5ºDia do Homem 1023+1000=2023d.C.=5ºnovo Dia de Deus=6ºDia do Homem
2023+1000=3023d.C.=6ºnovo Dia de Deus=7ºDia do Homem

No Sétimo Dia de Deus (3977-2977 a.C.) Deus não trabalhou e o santificou (Gn 2:1-3).
No Sétimo Dia do homem (2023-3023 d.C.) será a vez do homem não trabalhar, é sábado santificado ao Senhor... neste dia nenhum ser humano poderá trabalhar (se santificar) mais, pois terá vindo a noite quando ninguém mais poderá trabalhar (Jo 9:4).

*******************************************************

  OS ANJOS DESTRUIDORES SABEM
    a hora, o dia, o mê e o ano
    em que destruirão a terra.  (Apocalipse 9:15)

   Em 2018 serão soltos os 4 anjos  que se acham atados junto ao rio Eufrates, e eles reunirão o seu exército de (semelhantes) de cavalos que totaliza "vinte mil vezes dez milhares", ou seja 200 milhões (Ap 9:14-19).
   Estes 4 anjos sabiam por volta do ano 100, a hora, o dia, o mês e o ano em que iriam matar 1/3 da população mundial (eles matarão numa só hora 2,5 bilhões de pessoas).

   Esta destruição se dará no "tempo do fim", em torno de um ano antes da segunda vinda de Jesus em 2019.

   Quem informou isto a João foi o próprio Jesus, através de seu anjo (Ap 22:16).
   Se Jesus sabia o dia desta destruição, por que não saberia, no ano 100, o dia de sua vinda ?


*******************************************************

     Jesus NÃO nos proibiu de calcularmos o ANO de sua vinda

  "O dia e a hora ninguém sabe"  (Mt 25:13) é o velho e surrado chavão com que retrucam os que se acham sábios perante os seus olhos.

  Nem se dão ao trabalho de estudar mais profundamente este assunto... seus egos não permitem.

  Esses tais, pensam que são sábios, mas, são faltos de raciocínio, pois, não sabem uma coisa primária:

  que dia é dia; hora é hora; e ano é ano.

  Jesus falou de "dia e hora" e não de "ano".

  Jesus não nos proibiu de calcularmos o ANO de sua vinda.

  E tudo o que não nos é proibido na Bíblia, nos é lícito.

  "Quem comigo não ajunta... espalha!" diz Jesus.

  Com essa contumás pré disposição para se oporem, irrazoavelmente (que beira ao fanatismo) esses tais, perdem a oportunidade de motivar o povo de Deus para a vinda de Jesus, que se dará em 2019, e de preparar o povo de Deus para suportar a Grande Tribulação que teremos de 2015-2019.

"NÃO HAVENDO PROFECIA O POVO SE CORROMPE"   (Pv 29:18)

 e neste fim dos tempos, a profecia é o Apocalipse.

  A grande motivação dos cristãos hoje, tem que ser esta expectativa da vinda de Jesus ... é a melhor forma de conseguirmos aturar este mundo de pecados mil... ou arriscamo-nos a perder a fé, e nos afundar também com os ímpios  ("Haverá fé quando Jesus voltar? " - Lc 18:8).

  O ano pode ser calculado sim, e é negligência nossa se, podendo,  não o fizermos.

  A maioria dos cristãos, neste tempo do fim, estão vivendo como os ímpios: despreocupados com as coisas de Deus.

  Suas preocupações são as mesmas dos ímpios: viver uma vida de riquezas, gozo  e sucessos neste mundo.

  Levam esta vida se preparando, estafando-se em fadigas, em seus trabalhos e estudos mundanos para galgarem profissões rendosas e respeitáveis... para ganharem  status, galardões dos homens.

  À respeito disto Paulo disse:

"Nenhum soldado em serviço se envolve em negócios desta vida, porque o seu objetivo é satisfazer àquele (Jesus) que o arregimentou." (2Tm 2:4).

 Quando um homem de Deus fala do Apocalipse para um ímpio, ele fica horrorizado, e nos despreza, nos tendo por tolos, e nos insulta, e vez por outra nos agride.

 Os cristãos "de fachada" (*os que ajem com má fé nisto) fazem pior: nos tem por falsos profetas e mentirosos (tais hipócritas nem sabem o que é um falso profeta... e provavelmente até estejam seguindo a um... na sua igreja).

    E externando a sua arrogância, dizem um dito, que embora bíblico, eles tornaram-no lugar-comum:

   “Ninguém sabe o dia e a hora que Jesus virá!”.

  Com este dito sacro, mas dito de modo jocoso, esses tais (cristãos) demonstram a sua ignorância ou pior,

  em algumas vezes, a sua má fé.

  Tais cristãos "de fachada" não AMAM o dia da vinda de Jesus (2Tm 4:8, 2Pe 3:12).

  Querem que este mundo que Deus amalçoou  (Gn 3:3:17, 5:29) se prolongue indefinidamente, pois eles amam este mundo muito mais do que a Jesus.

  Tais cristãos "estão de bem com esta vida" e não se importam com o sofrimento de bilhões de pessoas que sofrem.

  Tais cristãos, no fundo de seus corações , agem  como os ímpios, e querem que esta vinda de Jesus não passe de uma lenda, de mais uma das crendices e fantasias populares.

  Jesus não nos proibiu de saber o ano ou o TEMPO em que ele viria .

  (*tempo era também como os judeus denominavam o ano - Dn 2:21).

   Antes, pelo contrário, Jesus  disse em  que tempo que ele viria:

 “Aprendei, pois, a parábola da figueira: quando já os seus ramos se renovam e as folhas brotam, sabeis que está próximo o verão. Assim também vós: quando virdes todas estas coisas, sabeis que está próximo, às portas (a sua vinda)... não passará esta GERAÇÃO, sem que tudo isso aconteça.” (Mt 24:32-36).

 TRÊS GERAÇÕES JÁ SE PASSARAM:
 A DA FÉ; A DA LEI; E A DA FÉ/GRAÇA.

A primeira geração (a da fé) durou 2048 anos e foi de Adão até a aliança de Deus com Abraão, quando ele tinha 100 anos, do ano 4107 a 2059 a.C.

A segunda geração (da fé e Lei de Moisés) durou 2046 anos, iniciando com o nascimento de Isaque, foi concluída no ano 13 a.C, com o nascimento de Jesus.

A terceira geração (da fé e da graça) levará 2032 anos, iniciando-se com o nascimento de Jesus no ano 13 a.C. e será concluída nesta sua segunda vinda em 2019.

 * Cada geração espiritual de Deus dura 2000 anos (em torno disto). (Êxodo 20:6  conforme a Torá).

  "... e faço misericórdia até DUAS mil gerações daqueles que me amam e guardam os meus mandamentos" .

   E por fim, Jesus diz em que tempo seria isso, se referindo a vinda da abominação desoladora, que Daniel falou (Mt 24:15).

 “E quando se acabar a destruição do poder do povo santo, estas coisas todas se cumprirão... Vai Daniel porque estas palavras estão encerradas e seladas até o tempo do fim. Muitos serão purificados, embranquecidos e provados; mas os perversos procederão perversamente, e nenhum deles entenderá, MAS, os sábios entenderão.” (Dn 12:7-10).

   No tempo do fim, haverá alguns cristãos SABIOS que entenderão o que estava lacrado e selado nos livros (Daniel 12:1,8,9,10,  11:33-35) e o principal deste entendimento é saber quando se dará a vinda de Cristo, pois é dito que isto se daria depois de um tempo (360 anos), dois tempos (720 anos) e metade de um tempo (180 anos).

  Este tempo começou a ocorrer depois do início da destruição do PODER do povo santo (no ano 754, quando os papas começaram o seu governo terreno).

  Este "poder" é o nosso sacrifício de louvor e está descrito em Hebreus 13:15,16

  Some-se o ano 754+1260 (360+720+180) e teremos o ano 2014 para a destruição final deste poder do povo santo, e para o  início da grande tribulação; quando as duas testemunhas (Velho e Novo Testamento) serão mortas (proibidas, ou substituídas por uma anti-Bíblia), e por 3,5 ano ficaram penduradas na praça da cidade que se chama Sodoma e Egito (Roma, como era assim qualificada no ano 100)(Ap 11).

Some-se 2014,5+3,5 (Grande Tribulação) n= 2019.

   DEUS NADA DE MAL FAZ AO HOMEM, SEM QUE PRIMEIRO
   O NOTIFIQUE, ATRAVÉS DE SEUS PROFETAS. (Am 3:6,7)

Deus avisou ao homem que mandaria o Dilúvio com uma antecedência de 120 anos, e, novamente o fez, 7 anos antes dele ocorrer (7 dias bíblicos = 7 anos), (Gn 6:3, 7:4), (Nm 14:34, Ez 4:7).

Também agora, neste fim dos tempos, 2011-2018, o Senhor Deus fala atrávés de seus profetas, pois constituiu profetas para isto:


"E acontecerá, nos últimos dias, diz o Senhor, que derramarei do meu Espírito sobre toda a carne; vossos filhos e vossas filhas profetizarão, vossos jovens terão visões, e sonharão vossos velhos; ...

  Mostrarei prodígios em cima nos céus (fenômenos cosmológicos inimagináveis) e sinais embaixo na terra (terremotos, tsunames, tornados, etc, em grande monta e de enormes destruições): sangue, fogo e vapor de fumaça.

 O sol se converterá em trevas (no fim deste período), e a lua em sangue, antes que venha o grande e glorioso Dia do Senhor (vinda de Jesus em 2019)... " (At 2:17-21).
 
********************************************************

CRONOLOGIA DO APOCALIPSE

    Geralmente temos uma ideia de que o Apocalipse se realizará num determinado ano.
     Isto não é possível, pois há seis grandes acontecimentos devastadores (ex: a queda na terra de 2 grandes asteroides, e de milhares de meteoritos - Ap 8:8,10) que, se feito num ano apenas, destruiriam por completo a terra; além de  causar um sofrimento insuportável para todos, e ninguém se salvaria.

    Deus avisou ao homem, através de Noé, sete anos antes de mandar o Dilúvio (7 dias bíblicos correspondem a 7 anos - Gn 7:4, Nm 14:34, Ez 4:7).

    O Apocalipse se dará em 7 anos:

   SE a 1ª Trombeta começar a soar a partir de junho 2012, a 7ª trombeta começará a soar a partir de janeiro de 2018 e finalizará no fim de junho de 2019.
   Começar-se-á esta contagem de 7 anos a partir do primeiro dia, mês e ano em que soar esta 1ª Trombeta (veja o Quadro abaixo).

   Jesus virá em 2019, mas, isto pode se prolongar até ao fim do ano 2022, pois depende do ano em que começou o Sétimo Dia ou Sétimo Milênio de Deus: se na morte de Abel em 3982 a.C., ou no nascimento de Sete em 3977 a.C., conforme (veja isto no meu livro).

    O período destas 7 Trombetas estão distribuídas em  três AIS:

    Primeiro AI  (Ap 9:12):

    Soarão as 5 primeiras trombetas, uma de cada vez, em 5 períodos sequenciais.
    Estima-se que o período de cada uma destas 5 trombetas seja de CINCO MESES para cada uma  (Ap 9:5).
    Logo, o período total destas 5 trombetas será de 25 meses.

    Segundo AI (Ap 11:14):

    A Grande Tribulação dos cristãos se dará ao mesmo tempo em que as duas testemunhas/profetas (Antigo e Novo Testamento) estiverem mortas (proibidas e substituidas por uma antibíblia) por 3,5 anos ou 42 meses, e seus cadáveres estirados (arquivados) na  cidade que espiritualmente se chama Sodoma e Egito (Roma), (Ap 11:1-13).
     A 6ª Trombeta soará por 42 meses.

     Terceiro AI (Ap 11:14):
      A 7ª Trombeta soará por 17 meses.

      Quadro Exemplo do período das 7 trombetas, se a 1ª Trombeta soar em Junho de 2012:
      1ª Trombeta soará de junho/2012 a outubro/2012  ........... 5 meses
      2ª Trombeta soará de novembro/2012 a março/2013 .......  5 meses
      3ª Trombeta soará de abril/2013 a agosto/2013  ..............  5 meses
      4ª Trombeta soará de setembro/2013 a janeiro/2014 .......  5 meses
      5ª Trombeta soará de fevereiro/2014 a junho/2014 ..........  5 meses
      6ª Trombeta soará de julho/2014 a dezembro/2017 ......... 42 meses
      7ª Trombeta soará de janeiro/2018 a maio/2019 ............ 17 meses

 ********************************************************

    prazo mínimo: junho/2012 até  outubro/2012
    prazo máximo: junho/2015 até outubro/2015

    Abertura do Livro em 2012, por Jesus.

    Assim que Jesus concluir a abertura do sétimo selo, haverá silêncio no céu por cerca de MEIA hora (todos astros  e planetas paralisarão neste tempo, exceto a Terra e Vênus). (Ap 8:1).

    Esta MEIA hora simboliza a metade dos israelitas de Jerusalém que serão salvos (Zc 14:2), e também é a plenitude de Israel que será salvo (Rm 11:26).

    Estes salvos são os 144.000, primícias de Deus e do Cordeiro (Ap 14:4), eles são também as primícias de Abel (Gn 4:4).

   Comparativamente, todos os que seguem a Babilônia (Igreja Romana) serão julgados em UMA SÓ HORA, e participarão dos seus flagelos (Ap 18:4,10), e de sua condenação ao lago de fogo (Ap 19:20).

    Um anjo (representando Abel) fará oferta de incenso, com a oração de todos os  santos,  no altar de Deus.

    A fumaça deste incenso subirá na presença de Deus,  e subirá em sinal de aprovação e de agrado de Deus

    E serão selados os 144.000 israelitas na terra, com a oração de todos os santos.

    Este ritual é uma repetição (Ec 3:15) de um único holocausto que Abel pôde oferecer a Deus (Gn 4:3,4), (Hb 10:10-12).

    Deus se agradou de Abel e da sua oferta das primícias de seu rebanho (de cordeiros). (Gn 4:4)

     Por causa deste agrado de Deus, Caim matou Abel, por inveja.

    Abel não teve filhos, mas, através de Sete, Deus lhe deu descendência (Gn 4:25).

    E, em Sete, Jesus (o Cordeiro) é o primeiro das primícias da descendência de Abel (Lc 3:38).

    Os 144.000 selados, remanescentes de Israel, é o total das primícias que Abel oferta a Deus e ao Cordeiro (Ap 14:4).

    Em seguida à esta oferta a Deus-Pai, Jesus dará aos seus sete anjos, as trombetas  e as taças da cólera de Deus, para que executem suas missões (Ap 8:2 e 16:1).

   O 1º Anjo encherá o incensário com fogo do altar de Deus e o atirará à terra.  Este fogo estará misturado com sangue.

   Isto representa o fogo do holocausto que Abel ofereceu a Deus; e as vozes do sangue de Abel que clama da terra a Deus por justiça, bem como a de todos os santos que foram assassinados na Inquisição, pela Igreja Romana (Gn 4:10 e Ap 6:10, 11:8).

   E será queimada a terça parte da terra, das árvores e da erva verde (Ap 8:7).

   Caim, Abel e Sete foram os primeiros três filhos de Adão e Eva.

   Caim era agricultor, e com avareza ofereceu a Deus o pior, o resto dos frutos de sua colheita  (Gn 4:3,5,12).

   Esta terça parte da terra queimada é a parte de Caim e de todos os perversos, que trazem no seu DNA  a perversidade de Caim.

   Por isto o Anjo (Jesus) ordenou aos 4 anjos que não danificassem a terra, nem ao mar e nem as árvores, antes de serem selados os 144.000 israelitas que serão salvos  (Ap 7:2,3).

   Para que não se queimasse a parte que também lhes foi reservada.

   Para que estes 144.000, selados pelo Espírito de Deus, também tomem posse, ao lado de milhões de cristãos que serão salvos por Jesus, nos dois terços de tudo o que restar no milênio, antes que venha o novo céu e a nova terra.

   Haverá trovões, vozes, relâmpagos e terremoto na abertura do 7º selo (Ap 8:3-5), da mesma forma como vai haver no soar da 7ª trombeta (na vinda de Jesus em 2019), quando se abrirá o céu e será mostrado o santuário de Deus e será visível a arca da Aliança  (Ap 11:19).

   Na visão desta Arca, conhecer-se-á os 144.000 israelitas selados, pois a Arca é o símbolo da aliança de Deus com os descendentes de Israel.

********************************************************

    prazo mínimo: junho/2012 até  outubro/2012
    prazo máximo: junho/2015 até outubro/2015

    Abertura do Livro entre 2012-2014, por Jesus.
    Assim que ele conclui a abertura do sétimo selo, haverá um silêncio no céu por cerca de meia hora (todos astros  e planetas paralizarão neste tempo, exceto a Terra e Vênus).
    Em seguida ele dará aos seus sete anjos, as trombetas  e as taças da cólera de Deus, para que executem suas missões (Ap 8:1,2 e 16:1).

    O 1º Selo do Livro diz:
    Um cavalo branco e seu cavaleiro (Jesus) com um arco.
    Ele sai vencendo e para vencer  (Ap 5:5,  6:2 e 19:14).
 
   O 1º anjo tocará a trombeta:
   será queimada  (destruída) a terça parte da vegetação da Terra.
   Esta área queimada será maior do que a área da floresta amazônica.
    Isto resultará em grande fome e peste mundial nos  seis anos seguintes (Ap 8:7).

   O 1º flagelo:
   sobrevirá úlceras malignas aos portadores da marca da besta e adoradores da sua imagem (viciados em internet) (Ap 16:2).

********************************************************

    prazo mínimo: novembro/2012 até  março/2013
    prazo máximo: novembro/2015 até março/2016

    O 2º selo do Livro diz:
    Um cavalo vermelho e seu cavaleiro. Ele tira a paz da terra para que os homens se matem uns aos outros (Ap 6:4).

    O 2º anjo tocará a trombeta:
    Um grande asteroide (como uma grande montanha) cairá no mar e destruirá a terça parte da vida marinha e dos navios existentes.

    As plataformas marítimas de exploração de petróleo (como o Pré-Sal brasileiro) explodirão por causa do deslocamento das placas tectônicas e poluirão de petróleo 1/3 dos mares.

    Isto resultará na mortandade de um terço da vida marinha.
    Haverá fome e peste mundial também por causa disto(Ap 8:8,9).

     O 2º flagelo:
      a morte de todo o ser vivente no mar (Ap 16:3).
 
********************************************************

    prazo mínimo: abril/2013 até agosto/2013
    prazo máximo: abril/2016 até agosto/2016

    O 3º selo do Livro diz:

    Um cavalo preto e seu cavaleiro com uma balança na mão sai para comprar trigo e cevada (alimentos perecíveis).

    Ele foi recomendado para não danificar o azeite e o vinho (não perecíveis)  (Ap 6:5,6).

    Tomando-se o devido cuidado, o azeite e o vinho são fáceis de serem estocados (por isso se recomendou ao cavaleiro de preto que não danificasse aquilo que já estava estocado).

    O azeite, em situação de caos monetário, serve como moeda de troca.

    E o vinho, era utilizado pelos fenícios e romanos como um substituto da água potável em suas longas temporadas no mar (pois a água estagnada apodrece depois de certo tempo).

    Isto seria uma recomendação aos cristãos para que estoquem alimentos não perecíveis?

    Para que estoquem água mineral ou perfurem a terra e façam poços artesianos, porque as águas dos rios e lagos vão ficar amargas e podres (ver abaixo) ?

   O cavaleiro de preto saiu para comprar, com a recomendação de pagar um denário por uma medida de trigo (5,9 litros) e um denário por três medidas de cevada (17,6 litros).

   Um denário equivalia ao pagamento, hoje, de um dia de trabalho de um trabalhador avulso (cerca de r$ 50,00). “Medida” equivalia a 5,87 litros (Mt 20:2, Gn 18:6).

    O valor a pagar é muito caro. Isto está a nos dizer que haverá uma extrema carestia de alimentos, e eles, na sua raridade serão extremamente onerosos.

     O 3º anjo tocará a trombeta:

     Cairá um grande asteroide chamado Absinto (amargo) sobre as fontes das águas, e a terça parte da água potável do mundo se tornará amargosa e pestilenta, e, muitos morrerão por causa disto (Ap 8:10, 11).
                         
    As fontes primárias de águas potáveis do mundo são três:

    Antártida, polo norte;  Antártica, polo sul; e as geleiras comuns que cobrem as montanhas dos demais continentes.

    Descartando esta última (geleiras comuns) por estar espalhada pelo mundo, este asteroide cairá sobre a Antártida ou sobre a Antártica.

    O livro do Apocalipse diz que 1/3 das águas potáveis existentes serão contaminadas mortiferamente.

     Isto significa que esta espécie de "absinto" se entranhará nas moléculas desta água da geleira (semelhante a radioatividade), e não poderá ser mas filtrada, de modo natural, pelas florestas, pelas nuvens e pelo solo arenoso.

    O 3º flagelo:  os rios e as fontes de água serão contaminadas de sangue (Ap 16:4).

     Episódio semelhante ocorreu no Êxodo, em 1443 a.C. quando as águas do Nilo, no Egito se tornaram em sangue, e todos os egípcios tiveram que cavar o solo, junto ao rio, para encontrar água potável para beberem (Ex 7:20,22,24).
     Isto ocorreu em todo o mundo. O mar Vermelho, de cor azulada atualmente, tem este nome por causa disto.
      Este episódio de avermelhar as águas e pesteá-las deve-se a partículas de poeira que seguem no rastro das chuvas de meteoritos do tipo ferruginosos que caem na Terra.

 *********************************************************

    prazo mínimo: setembro/2013 até janeiro/2014
    prazo máximo: setembro/2016 até janeiro/2017

    O 4º selo do Livro diz:
    Um cavalo amarelo e seu cavaleiro chamado Morte, e o Inferno o estava seguindo. E foi lhe dado autoridade sobre 1/4 da Terra para matar pela espada, pela fome, e pelas feras da Terra.

     A quarta parte da terra perecerá.
     Morrerão cerca de 2 bilhões de  pessoas  (Ap 6:4,8).

     O 4º anjo tocará a trombeta:
     E será ferida a terça parte do sol, da lua e das estrelas, para que a terça parte deles escureçam (Ap 8:12).

     A fotossíntese das plantas será precária por causa da pouca
insolação; e isto aliado a contaminação das águas diminuirá drasticamente os frutos da agricultura.
     E estes fruto além de serem escassos, serão pestilentos e deformados... e causarão graves doenças.
     As pessoas vão se agarrar a tapa por um pedaço de batata.
     A fome terrível que assola há anos a Somália e outros países subdesenvolvidos, será conhecida e experimentada pelos privilegiados cidadãos das grandes metrópoles.

    O 4º flagelo:
    Os homens se queimarão por causa do intenso calor do Sol.
    Os homens não se arrependerão e blasfemarão (Ap 16:9).

 ********************************************************

    prazo mínimo: fevereiro/2014 até junho/2014
    prazo máximo: fevereiro/2017 até junho/2017

   O 5º selo do Livro diz:
    Debaixo do altar de Deus estavam as almas daqueles que tinham sido martirizados por causa da Palavra e do testemunho que sustentavam (ocorrido nas perseguições dos imperadores romanos e na Inquisição promovida pelos papas).
                                                                           
    Foi lhes dado uma vestidura branca e lhes dito que aguardassem para breve a vinda dos que ainda iam ser martirizados (na Grande Tribulação) por causa desta Palavra e o testemunho  que darão (Ap 6:9-11, 11:7-11, Dn 11:33).

    Em  2016  também  iniciar-se-á a perseguição aos discípulos de Jesus (chamados crentes), e durará 3,5 anos (Ap 11).

    Esta perseguição será alimentada pelo Movimento Nova Era, através da mídia.
    Eles acusarão os cristãos de "negativistas" e os culparão pelas calamidades no mundo.
    Isto é próprio dos fantasiosos, místicos, supersticiosos, que acreditam na mentira, no relativismo filosófico.

    O 5º anjo tocará a trombeta:
     No ano 100-110, o apóstolo João viu em visão uma estrela caída na Terra. Esta estrela era os destroços do planeta Seth/Satanás, que foi destruído por Vênus em 1931 a.C.

     Vênus é a estrela de Jesus (Mt 2:2, Jó 38:6,7, Ap 22:16, 2Pe 1:19, Nm 24:17), e o arcanjo mantenedor desta estrela é Miguel (Gn 3:24, 12:1).

     Jesus viu  em 1931 a.C. Vênus destruir este planeta Seth/Satanás, e viu Seth (também chamada de a outra "estrela da alva") cair do céu na terra por volta do ano 563 a.C. (Lc 10:18, Is 14:12).

     Certamente o que caiu na terra era a cabeça deste planeta... a massa incandescente de ferro em brasa, chamada de Lúcifer pelos romanos e de Fósforo pelos gregos.
     O restante deste planeta destruído continua orbitando entre as órbitas de Marte e Júpiter e é chamado de "cinturão de asteroides".

     Ao soar da 5ª trombeta (veja os prazos mínimo e máximo acima), será aberto o poço do abismo, onde este líder de Seth/Satanás está encerrado.
     O nome deste líder é Abadon/Apolion que significa "destruidor" (Ap 9:2,11).
     E o local deste poço é junto ao rio Eufrates (Ap 9:14).
     Este poço chama-se atualmente de Golfo Pérsico.
     Por debaixo das águas deste Golfo estão os destroços do planeta Seth/Satanás (Is 27:1).

     Da fenda do abismo que está por baixo do Golfo Pérsico, depois de aberto pelo 5º anjo, no soar da 5ª Trombeta, sairá muita fumaça que escurecerá mais ainda a luminosidade do Sol, devido a grande fumaceira  que haverá no ar.

    Vai haver uma proliferação de gafanhotos venenosos (tal qual os escorpiões) e que irão atormentar os ímpios (os discípulos de Cristo não serão molestados).

    Os homens serão atormentados durante cinco meses.
    Naqueles dias os homens buscarão a morte e não a acharão; também terão ardente desejo de morrer, mas a morte fugirá deles
    (Ap 9:1-6).

    O 5º flagelo:
    o poder da Besta  (multinacionais) será atingido e se tornará em trevas. Os homens que trabalham pra Besta remorderão a língua por causa da dor que irão sentir; e eles blasfemarão contra Deus por causa de suas intensas angústias  e úlceras.
   Ainda assim  não se arrependerão de suas más obras (Ap 16:10,11).
 

********************************************************

    prazo mínimo: julho/2014 até dezembro/2017
    prazo máximo: julho/2017 até dezembro/2020

    O 6º selo do Livro diz:
    O sol se tornou em negritude e a lua como sangue.
    Milhares de asteroides cairão sobre a Terra.

    O céu irá se recolher como um pergaminho quando se enrola.
    Todos os montes e ilhas serão movidos de seus lugares (Ap 6:12-14, Mt 24:19).
    Haverá tsunamis, terremotos e aterradores fenômenos cosmológicos que destruirão com os satélites artificiais (causando o fim da Internet e das comunicações).
     As usinas hidroelétricas serão destruídas (causando inundações sem precedentes).
     As usinas nucleares serão todas destruídas (causando incalculável contaminação radioativa).
     As plataformas marítimas implodirão. Todas as cidades litorâneas serão destruídas.
     Milhares de vulcões explodirão em toda a terra ao mesmo tempo, e a fumaça, cinza e enxofre destes vulcões contaminarão o ar. O Sol se tornará negro e a lua cor de sangue.

     QUEM SÃO ESTES 4 anjos ?
      Tridimensionalmente são:
      No "plano terrestre" são os querubins colocados (atados) ao Oriente do jardim do Éden, no início dos 4 braços do rio que saía do jardim do Éden (Gn 2:10 e 3:24).
      No "plano celeste" são os 4 asteroides que lideram 200 milhões de asteroides e meteoritos no "cinturão de asteroides" que orbitam entre as órbitas de Marte e Júpiter.
      No "plano espiritual" são os 4 seres viventes que servem a Deus diante de seu trono (Ap 4:6,7); são também os 4 seres viventes em meio a nuvem que apareceu a Ezequiel (Ez 1:5,10).

    O 6º anjo tocará a trombeta:
    e ele soltou os 4 anjos menores que estavam atados no rio Eufrates.
    Numa só hora, dia, mês e ano determinado serão mortos 1/3 da humanidade (Ap 9:15).

    Se estimarmos que a população mundial em 2016 será de 8 bilhões e que ¼ dela perecerá entre 2016/2017 com a vinda do 4º anjo, então sobrará um saldo de 6 bilhões de pessoas.
                                         
    Deste total perecerão numa só hora mais 2 bilhões de pessoas.

    Isto implica dizer que, entre 2016/2019 a metade da população mundial morrerá, ou seja: 4bilhões estarão morto, e 4 bilhões estarão vivos quando Jesus vier em 2019.

    O 6º flagelo:

    Batalha final em três dimensões:
    A batalha final ocorrerá ao mesmo tempo no cosmo, na terra e espiritualmente, entre 2018-2019, como segue:

    "Houve peleja no cosmo. Miguel (Vênus) e os seus anjos pelejarão contra o dragão, a antiga serpente, que se chama Satanás (planeta Seth) ... e ele será atirado para a terra, e com ele os seus anjos (cinturão de asteroides e meteoritos). Ai da terra e do mar, pois o diabo desceu até vós, cheio de grande cólera, sabendo que pouco tempo lhe resta" (Ap 12:7-12).

     As águas do rio Eufrates secarão, e por elas passarão os reis (Governantes de Estados) que vem do Oriente.
     Eles se reunirão no local chamado Armagedom (Har Megiddo = colina de Megido, ao noroeste de Israel), com outros Governantes do mundo inteiro, para a guerra contra Jerusalém, cidade que simboliza a fé cristã (Ap 16:12-16).

    “Jesus, virá como vem o ladrão (Ap 16:15), vencerá e aprisionará a Besta, o Falso Profeta, e os remeterá para o inferno.  Os seus seguidores serão mortos e servirão de pasto para as aves de rapina. Os restantes (milhões de pessoas que não foram salvas) serão governados por Jesus e seus 144.000 israelitas castos e imaculados, com cetro de ferro, por um período determinado (ver no meu livro) (Ap 19:11-21 e 14:4).

*******************************************************

   prazo mínimo: janeiro/2018 até maio/2019
   prazo máximo: janeiro/2021 até maio/2022

   O 7º selo do Livro diz:
    Haverá no céu grandes vozes dizendo: "O reino do mundo se tornou de nosso Senhor Jesus, e ele reinará pelos séculos dos séculos. ".
    É chegado o tempo determinado para se julgar os "mortos" (ímpios) e para se dar o galardão aos que amam e seguem a Cristo (  (Ap 11:15-18).
   (leia no meu livro, capítulo sobre o "Milênio" em que trata dos mil anos desta terra, e sobre a nova Terra e novo Céu que há de vir).

    Nos dias do 7º anjo, quando  este  7º anjo estiver para tocar a trombeta para anunciar a vitória de Jesus e seu reino eterno, se cumprirá o mistério de Deus segundo o que Ele anunciou aos profetas (Ap 10:7) e à Igreja  (Rm 11:25).

    Que mistério é este?

    É o selamento dos 144.000 israelitas que são salvos. Eles são as primícias de Deus e de Cristo (Ap 7:4, 14:4,5).

    Ocorrerá também a destruição da décima parte de Roma, e morrerão 7 mil pessoas (Ap 11:13).
    Num só dia o Vaticano, sede da Igreja Católica (a Babilônia do Ocidente: a mãe das meretrizes e das abominações da terra) será destruída (Ap 16:17-21, 17:5,9, 18:2-8).
   E o “falso profeta” (papas) será lançado no inferno (Ap 19:20).

    O 7º flagelo:
    sobrevirá relâmpagos, vozes, e trovões, e ocorrerá grande terremoto, como nunca houve .
    Tal terremoto dividirá a Grande Cidade (Roma) em três partes.
     Neste tempo Deus  exterminará com a grande Babilônia (a Igreja Romana).
      Haverá grande saraivada de pedras vindas do céu, pesando um talento (34,3 kg) cada uma que causará grande flagelo aos homens.
      Os montes e as ilhas serão destruídos (Ap 16:17-21).

Darci Ubirajara
Enviado por Darci Ubirajara em 20/07/2011
Reeditado em 02/08/2012
Código do texto: T3108213
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Darci Ubirajara
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 64 anos
124 textos (78807 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/10/14 05:47)
Darci Ubirajara



Rádio Poética