Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Autores

Sobre o autor
ALBERTO ARAÚJO
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
3135 textos (158791 leituras)
33 áudios (3214 audições)
35 e-livros (6651 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/17 22:34)
ALBERTO ARAÚJO

Textos do autor
Áudios do autor
Perfil
ALBERTO ARAÚJO – Nasceu na cidade de Luzilândia-PI. Casado com a psicóloga Shirley S. Lopes. Atualmente, reside em Niterói-RJ - poeta, escritor, jornalista, videomaker, contabilista, professor licenciado em letras/português pela Universidade Estadual do Piauí - UESPI - desde cedo que escreve poesias, contos, etc.

Com vasto conhecimento na poesia lírica, termo que mais o identifica. Já é muito conhecido pelo o Brasil e parte do mundo. Publicou; “Caminhos percorridos Eu e a Poesia- poemas”- Editora Secco/Florianópolis-SC. “Identidade do Sol – Poemas e Pensamentos de Amor – Editora All Print – São Paulo-SP. Participou da I e II Antologia dos poetas contemporâneos do Brasil, pela editora In house, I Antologia foi lançado na Bienal 2010-São Paulo-SP. A II foi lançada na Bienal do Rio 2011.

Sua poesia tem também característica social e contemporânea. Assina vários sites e blogs. Em seu site oficial conta-se com mais de 120 mil leituras. As maiorias dos seus trabalhos estão sempre sendo divulgado na Internet.


QUEM É ALBERTO ARAÚJO



Meu nome: é esta verdade
Que está em mim nua e crua
Completamente,
Tenho como objetivo
Resistir a incêndios e tempestades
Minha pátria;
É esta terra Brasilis
(onde a vida abre os lábios
Como um botão de rosa)
Minha mãe; é a alegria
De escrever, escrever poesias...
Meu pai, meus amigos;
São os olhos que me dizem
Onde está o giz...
Minha vida é a arte poética!...
(algo que me diz,
Como e porque sou feliz)
Sou uma pessoa que ver
A solidão das pedras do
Alto de um arranha-céu
Moro no morro
(onde posso ver a multidão
Que avança... Que vai trabalhar)
Minha tristeza é ver as coisas
Indiferentes
Sem sonhos, sem labaredas.
E se por acaso;
Um dia eu morrer
Antes de o sol nascer
Morrerei infeliz...



 

Site do Escritor


Última atualização em 16/10/17 22:34