Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ROMANTISMO - ÁLVARES DE AZEVEDO

MANUEL ANTÔNIO ÁLVARES DE AZEVEDO
* 1831 – São Paulo – Século XIX
+ 1852 – Rio de Janeiro – 21 anos

VIDA

Estudou no Rio de Janeiro e em São Paulo
- São Paulo nessa época era o grande centro romântico
- vida de intenso sofrimento espiritual
- morreu no 4º ano de Direito
muita leitura
- formação      bom universitário
propensão nervosa
certa fraqueza orgânica
certa relação afetiva em relação à mãe e irmã

- leitura de Byron , Musset, Chalterton, cultuou Bocage e louvou Goethe (autor de Wether).
- Lord Byron foi o introdutor do Romantismo na Inglaterra, escreveu Child Harold, don Juan, donde vem o movimento byroniano. Em Child Harold, sobre viagem, conta suas aventuras, escândalos, boemia, idealismo literário.
- movimento byroniano influenciou os acadêmicos de São Francisco (Faculdade de Direito da USP – São Paulo)
- o grupo dessa fase do Romantismo, formado por Álvares de Azevedo, Casimiro de Abreu, Fagundes Varela, Laurindo Rebelo, Junqueira Freire, são poetas desesperados, subjetivos.
- na França Byron influencia Musset, Lamartine, Vigny e Chopin.

- Na Inglaterra ainda temos Walter Scott, Schiller.

- Na Escócia temos James Macpherson cujo pseudônimo é “Ossian”, de cunho subjetivista e sentimental. Gerou o movimento Ossianismo.

CARACTERÍSTICAS DE ÁLVARES DE AZEVEDO

1 – Primeiro poeta a se manifestar eroticamente, apresentando a problemática do sexo, num sentido paradoxal: o medo de amar impede-o de amar (profundo desejo de amar)
2 – Vinculação à irmã e à mãe
3- primeira obra é Lira dos 20 anos, de 1853 – poesia
4 – Na opinião do Prof. Soares Amora, os melhores poemas de Álvares de Azevedo são os relativos à sua angústia pela proximidade da morte.
5 – Álvares de Azevedo foi o primeiro poeta a fazer uma metalinguagem redicularizante do próprio Romantismo:aparece o prosaísmo, o cotidiano.
Exemplo: O Poeta Moribundo; É ela, É ela, É ela; Namoro a Cavalo.
6 – Álvares de Azevedo deixou um poema com certas idéias revolucionárias ao famoso Pedro Ivo, que fora um revolucionário conhecido em sua época.
7 – Os temas de Álvares de Azevedo são:
- o amor platonizado e com tendência erótica
- o reflexo dramático do adolescente
- contraste entre o sonhar o amor e a fuga de sua posse
- a crítica jocosa ao amor romântico
- a poesia o desespero e da profunda intuição da morte próxima
- última frase de Álvares de Azevedo: “Que fatalidade, meu pai”
- mágoa profunda – “mal do século”
8 – certa relação afetiva em relação à mãe e irmã (mostrado num ensaio de Mário de Andrade sobre Amor e Medo, onde aparecem as figuras da Virgem, Donzela, Menina, reflexo psicológico da vida real em suas obras, pela incapacidade de possuí-las na vida real)

OBRAS
Lira dos Vinte  Anos – 1853 – coletânea de poesia
Noite na Taverna – contos
Macário – Drama
O Conde Lopo – seis cantos – incompletos – poema
Poema do Frade – em cinco cantos

LIRA DOS VINTE ANOS – 1853
Poesia – divide-se em parte A e B

A- imaginativa, platônica, sentimental.
B - demoníaca, de deboche, de angústia e loucura.
“Parece que eu passei da parte A para B como Ariel para Calibã”
Ariel – divindade do ar (Deus do Bem e do Belo) .
Calibã – divindade do Terror e da Fúria (Personagens de A Tempestade de Shakspeare – 1611

Sua obra Completa só foi publicada em 1862.


CRÍTICA

Estava em moda a Sociedade Epicuréia (cujo lema era o prazer da cultura, do espírito e da prática da virtude)
- Seu lema era diferente de Epicuro (o prazer é o bem supremo – prazer físico).

Álvares de Azevedo devido à sua formação não admitia uma visão epicurista.

Ficava entre a mulher idealizada e a mulher sensual.

COMPOSIÇÕES MAIS FAMOSAS

Lembrança de Morrer
Se Eu Morresse Amanhã
À Minha Mãe
Pedro Ivo (Perdoai-lhe,  Senhor! Ele era um bravo)


Apontamentos para Vestibular
Diana Goncalves
Enviado por Diana Goncalves em 14/05/2007
Reeditado em 05/12/2007
Código do texto: T486227
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ((Diana Gonçalves - pseudônimo) http://www.recantodasletras.com.br/autor_textos.php?id=1908). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Diana Goncalves
São Paulo - São Paulo - Brasil
574 textos (718858 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 31/10/14 07:08)
Diana Goncalves



Rádio Poética