Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NATURALISMO - ALUÍZIO DE AZEVEDO

ALUÍZIO DE AZEVEDO
ALUÍZIO TANCREDO GONÇALVES DE AZEVEDO

* 1857 – São Luis  - Maranhão
+ 1913 – Buenos Aires – Argentina

VIDA
- representante da Escola Naturalista

- foi jornalista, cônsul na Itália, Japão e Argentina
- é irmão do teatrólogo Artur de Azevedo
- escreveu  romances para publicações em folhetins de periódicos da época, sujeitando-se às concessões ao público e até às conseqüências da pressa ou da improvisação
- trabalhou no comércio
- 1895 – ingressa na carreira consular
1913 – morre em Buenos Aires, Argentina


CARACTERÍSTICAS

1 – Com Aluísio de Azevedo, aparece pela primeira vez no romance brasileiro a coletividade como personagem
2 – seu romance é social
3 – parte sempre das bases científicas para analisar uma sociedade em dissolução, a sociedade burguesa romântica do século XIX
4 – pessimismo  e amargor
5 – O Cortiço, O Mulato, Casa de Pensão é uma tríade de lancetamento impiedoso em três chagas sociais: o cortiço, o problema do mulato e a casa de pensão
6 – em O Mulato há uns resquícios de Romantismo e em Casa de Pensão esbarra em um ou outro rasgo folhetinesco
7 – O Cortiço é admiravelmente objetivo
8 – é o maior representante do Naturalismo

OBRAS

ROMANCE
- Uma Lágrima de Mulher – 1879
- O Mulato – 1881
- Memórias de um Condenado (A Condessa Vésper) – 1882
- Mistério da Tijuca (Girândola de Amores) – 1882
- Casa de Pensão - - 1884
- Filomena Borges – 1884
- O Coruja – 1885
- O Homem – 1887
- O Cortiço – 1890
- O Esqueleto – 1890
- A Mortalha de Alzira – 1894
- Livro de uma Sogra – 1895



TEATRO
- a Flor de Lis – 1882
- Casa de Orates – 1882
- Fritzac, em colaboração com Artur de Azevedo – 1889


CONTOS
- Demônios – 1893
- Pegada – 1897

CRÔNICAS
- o Touro Negro – 1938



Apontamento para Vestibular
Diana Goncalves
Enviado por Diana Goncalves em 19/05/2007
Código do texto: T492632
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ((Diana Gonçalves - pseudônimo) http://www.recantodasletras.com.br/autor_textos.php?id=1908). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Diana Goncalves
São Paulo - São Paulo - Brasil
574 textos (718437 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/14 13:50)
Diana Goncalves



Rádio Poética