Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CIRANDA “A PAZ”

Em um fundo azul Anna Muller matizou
As pombas brancas que nas asas levam a voar
A mundos distantes ,a PAZ que aqui alourou,
Nas penas nas folhas nos versos a declamar...

E a nos poetas que somos, a Ciranda batizou
Almas aladas dos guerreiros. Letras a clamar
Ao Deus Orfeu, Buda Alá, e Oxalá confirmou,
A Paz é mais que branca, é a Pomba do amar!

A mensagem foi entregue a lua mais branca
No infinito azul, bordamos nos, a esperança
De sermos as pombas que ao universo depreca.

Na voz da Senhora dos encantos que nos indica,
As Poesias entalhadas revestidas de perseverança
Na crença dum mundo novo sem a guerra fatídica!

“A Poetisa dos Ventos”
Deth Haak
22/11/2006

Clik aqui : ou cole no seu navegador, deixe aos poetas participantes no livro de visitas o seu sentimento de ser um Guerreiro ou Guerreira de Orfeu! Grata aos que comigo somaram nesse grito Não a Guerra e sim “A PAZ”. 

http://www.cirandasdeletras.cantodapoesia.net/paz.htm


Beijos poéticos morrendo do prazer “ A Poetisa dos Ventos” Deth Haak SPVA-RN
 ; Sociedade dos Poetas Vivos e Afins do RN

http://www.cirandasdeletras.cantodapoesia.net/paz.htm
Deth Haak
Enviado por Deth Haak em 22/11/2006
Reeditado em 22/11/2006
Código do texto: T298309
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deth Haak
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 57 anos
547 textos (65372 leituras)
50 áudios (9722 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 13:47)
Deth Haak