Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Parabéns Recanto... Mais um filho!


Meu recanto ta bonito
É só prosa que recita
terei áudio no escrito
tem presente pra escrita
ouço voz não acredito
ode a poesia bem dita
meu recanto ta bonito
é só prosa que recita
troquei  a foto do texto
vestindo a moça bonita
do perfil tirei a foto
vá lá veja se acredita
postei outro descrito
meu recanto ta bonito
é só prosa que recita
Quem Sou Eu ,intentei
verso cor da ametista
diagnóstico inventei
dizer na lábia  na crista
meu recanto ta bonito
é só prosa que recita
a poetisa exalta o mito
no poema que palpita
encanece o que repito
meu recanto ta bonito
é só verso que recita...
ouvi dizer  poesia
um poeta popular
encantou a poetisa
no vento ao recitar
meu recanto ta bonito
é só prosa que recita
se ocês vice invejaria 
versando sua receita
dessa mesma confraria
meu recanto ta bonito
é só prosa que recita
quis também ser poeta
como ele nesse dia
popular  no verso  poesia
famoso como um atleta.
meu recanto ta bonito
é só prosa que recita
disse a carta de Caminha
ao D. Rei de Portugal
da palmeira e andorinha
disse a historia legal
meu recanto ta bonito
é só prosa que recita
mostrando a figurinha
disse quem foi Cabral
ser D. Pedro I um fuinha
dos índios no matagal
meu recanto ta bonito
é só prosa que recita
disse da Independência
riquezas que aqui tinha
de tamanha abrangência
tudo se foi na santinha ...
meu recanto ta bonito
é só prosa que recita
disse do marco de Touro
foi aqui que chegou a nau
caravelas buscando ouro
Cabral descobrindo pau
Meu recanto ta bonito
É só prosa que recita
Êita  poesia arretada
Dito verbete popular
O povo dava risada
Todos a se perguntar
Meu recanto ta bonito
É só prosa  que recita
Em cada canto um poeta
Tem na esquina do lugar
Dizendo a  poesia correta
Não gagueja ao dissertar
Meu recanto ta bonito
É só prosa que recita
Encantou-me esse ritmo
Por isso aqui vou tentar
Recitar enquanto rimo
pouco mais eu vou contar
meu recanto ta bonito
é só prosa que recita ...
se não for boa no verso
no Cordel que me excita
não critique eu te peço
 meu coração que recita
Ao  Patrick  eu agradeço
meu recanto ta bonito 
é só  prosa que recita...



“ A Poetisa dos Ventos”
Deth Haak
17/7/2006


Homenagem ao Patrick e a todos que fazem o Recanto das Letras. O Jardim que me criei! Beijos Poeticos morrendo do prazer em seus corações, em nome dos Guerreiros e Guerreiras de Orfeu!



Deth Haak
Enviado por Deth Haak em 17/07/2006
Reeditado em 19/07/2006
Código do texto: T195966
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deth Haak
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 57 anos
547 textos (65338 leituras)
50 áudios (9714 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 20:09)
Deth Haak