Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

0 ENCANTADOR DE BORBOLETAS

"Ai sabem....... eu tenho um menino! Um menino diferente de todos os meninos que, no apogeu dos meus cinquenta e mais alguns, conheci na vida.
Nem quando fui inocente crianca, nem quando fui astuta adolescente e muito menos quando me tornei completamente adulta, jamais conheci menino igual.
E sei que sera um eterno menino desde 10 anos atras, idade dele, quando recebi esse Kinder-ovo, esse bolo surpresa, bilhete premiado, esse presente dos deuses.
Nossa convivencia e uma mistura de terra e ceu..... celestial criatura que vive nessa terra indiferente a ela, me dando, todos os dias ricas licoes de amor e simplicidade.
Penso  na historia da minha vida e nao consigo excluir esse menino nem da epoca em que ele ainda nao existia. E como se ele tivesse nascido antes de mim, ou junto..... e como se, eu soubesse que um dia receberia essa graca de ter comigo esse menino ESPECIAL.
Na primavera, coloco em nossa varanda, varios recipientes floridos, cheios de agua e mel para atrair os colibris. E por mais crivel que pareca, acreditem: ao menor sinal de minha chegada os passarinhos fogem em disparada e no entanto, meu menino especial, brinca na mesma varanda, todas as manhas em harmonia com eles..... nao lhes desperta nenhum perigo.
Esse menino do qual lhes falo e apaixonado por flores e, por estranha virtude, encanta as borboletas. Embora eu lhe tenha comprado um caca-borboletas, jamais capturou nenhuma; anda por nosso jardim.... encantando-as e ao contrario do que eu pretendia..... e cacado por elas. A imagem do meu menino rodeado por lindas borboletas;  coloridas, atraidas, enfeiticadas, batendo asas; lembra a queima de fogos das festas natalinas se nossos olhos pudessem incluir, nas luzes, o menino Jesus.
Esse menino, nao espanta esquilos, e nem acua os pequenos alces que passeiam por nosso bosque, na epoca do inverno. Ao contrario disso: ama-os e se mistura com eles de tal forma que mais parece uma magica.
No verao, na praia, mal avista a agua, seus olhos reluzem de alegria e seus movimentos dao-me conta da sua fragilidade. Meu lindo menino especial corre mar a dentro quando a onda se recolhe, bracos erguidos no ar e foge aos gritos, quando a onda avanca em direcao a orla; corre para mim tremendo e eu lhe aqueco o corpinho. Meu menino pensa que meus bracos sao a sua seguranca quando na verdade, sao seus abracos o meu equilibrio.
Da boca dessa crianca, marcada, talhada pelo Divino, para que se diferisse de todos os meninos da redondeza, eu nunca ouvi uma unica palavra que nao me tocasse a sensibilidade. Ha uma musica, um som e um tom de voz tao meigo que lembram os canticos serenos nas catedrais fechadas. E cada frase formulada vem com tal candura que nela fica, implicita, o poder da palavra dele de modificar nosso vocabulario e pensamento. Ate seu silencio e uma ordem mensageira da paz.
E tamanha a ingenuidade do meu menino, que tem por habito me perguntar: "Voce me olhou quando eu estava dormindo?" E sempre respondo que sim, na certeza que ele acredita.
E a sinceridade dele quando me confessou, certa vez: "Eu rezei so a primeira parte da Ave-Maria, amanha eu rezo a outra porque estou cansado". Cheguei a sentir vergonha de olhar naqueles olhos..... aquela noite.
Mentirosa criatura, eu,  com 46 cromossomas, anatomia convencional...... mas mentirosa.
Porque nao me foi dado esse cromossoma a mais? Porque todos nos nao nascemos com 47 cromossomas  ou fissuras faciais ou autistas..... de maneira a nos afastar mais das coisas complexas e nos aproximar do simples: questiono-me as vezes.
Encantar borboletas, amar as flores, juntar-se as outros bichinhos sem que  tenham  razao pra medo.
Meu menino especial me foi dado no momento em que alguma forca a mais, que administra os rumos da nossa vida...... sentiu pena de mim.... cheia de tantos defeitos.
Nao vive em todas as casas, so os escolhidos tem um menino como esse.
Meu menino especial tem um sorriso pra minha saida e outro pra minha chegada. Nunca a lagrima. Meu menino conhece a dor e e um forte, um guerreiro!  Sabe da necessidade da minha partida e se diverte com as borboletas, amando suas cores e lhes dizendo palavras que as envaidece. E pra colorir minha chegada ele grita: " Mamae! Mamae! Mamae chegou!" Sempre o vejo com a cabecinha em uma das minhas janelas...... advinhando de que lado venho.
Meu menino especial tem o desenho, o traco, o trejeito, o encanto, a emocao maxima que um artista pode passar pra tela.
Meu menino e tao especial, que eu suponho que Deus, desesperancado com os frutos de Adao, a Humanidade, resolveu retocar sua Arte. E ai criou, a mao, o Joao; meu menino lindo e especial dando a ele um cromossoma a mais e a mim uma razao pra ser feliz."

Rosa Maria Dias - (Jotapati)

"Texto dedicado ao meu adorado neto JOAO"
 
jotapati
Enviado por jotapati em 20/01/2006
Código do texto: T101585
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
jotapati
Estados Unidos
32 textos (1693 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 18:29)