Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Porque hoje é segunda

Saí da Paulista, caminhei cerca de cem metros, virei à esquerda e desci a Frei Caneca.

Saio do centro financeiro da cidade,  sempre nervoso, contaminado pelo mercado, este sim à beira de um ataque de nervos a qualquer hora do dia. Conforme desço em direção ao centro velho, a paisagem se modifica, com a presença, aqui e ali, de casarões e cortiços que ainda resistem à especulação imobiliária, à predominância de arranha-céus, estacionamentos e shoppings. Passo na frente da casa de Cultura Italiana Dante Alighieri, a qual chamamos simplesmente Casa de Dante. É um belo casarão e está em reforma, muito bem conservado.

Um cursinho pré-vestibular está repleto de jovens sentados na entrada, estudando, namorando, ficando, beijando.

Os bares proliferam nesta rua, com uma freqüência enorme, mesas e cadeiras nas calçadas. De sexta-feira em diante, ficam fervilhando. Tem um que o garçon se enfeita de correntes de ouro e anéis. Figura folclórica, já saiu no jornal do bairro.

Este trecho dos bares e boates incomodam sobremaneira os moradores. A partir de quinta-feira, ninguém  dorme direito com o barulho.

Chego na esquina com a Peixoto Gomide. Um homem está de cócoras, encostado no grande hotel de luxo, dizem que era do Airton Sena. Tem o olhar circunspecto, fixo num ponto à sua frente. Poderia estar meditando,  recitando um mantra, rezando, ou simplesmente aquietando sua mente, esvaziando-a da tagarelice mental. Atitude tão solene nos faz prestar maior atenção na ilustre figura, como que transportada para outra dimensão, alheia ao que acontece à sua volta. Sou surpreendida  por uma massa amarela depositada no chão, alongando-se pela parede do hotel.

Hoje é segunda-feira pós carnaval. A semana começou. A cidade retoma seu ritmo frenético com urgências que não dão lugar a fantasias.



06/03/2006
DIANA GONÇALVES
Enviado por DIANA GONÇALVES em 07/03/2006
Código do texto: T119801
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ((Diana Gonçalves - pseudônimo) http://www.recantodasletras.com.br/autor_textos.php?id=1908). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
DIANA GONÇALVES
São Paulo - São Paulo - Brasil
647 textos (752954 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 12:08)
DIANA GONÇALVES

Site do Escritor