Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Problemas e soluções

PROBLEMAS.
Para cada um há uma solução.
O ser humano é máquina, e como tal pode apresentar alguns defeitos, se não de fabricação, o desgaste natural das peças, podendo estas serem restauradas, ou até mesmo substituídas.
Para o sintoma, o remédio, para a doença, a cura.
E veja você: não se alegre ao saber-se hipoglicêmico, acreditando ser este um problema oposto ao diabetes, podendo ingerir à vontade o açúcar. Consultando  um endocrinologista, especialista em glândulas endócrinas, em especial o nosso pâncreas, produtor da insulina, responsável pela queima dos açúcares. Se não funciona ou produz pouca insulina, estamos diante do diabetes, não podendo nós então ingerirmos açúcar e ainda suprir o hormônio com a insulina injetável. Se produz insulina demais, queima todo o açúcar necessário ao nosso metabolismo, e quanto mais açúcar jogamos para dentro, mais é estimulada sua função. Não podemos também ingerir açúcar ou carbohidratos que se transformam em açúcar. Apenas o endocrinologista vai poder dar a medicação e dieta adequadas.
E se o problema é o coração? A indicação é o cardiologista. Nisso, pouco ou nada pode ajudar o endocrinologista ou o sapateiro. Agora se falamos do coração simbolizando emoções, envolvimentos amorosos, podemos procurar os consultores sentimentais, o macumbeiro para amarrar nossa foto ao do amado, ou tirar de nosso caminho a rival.
Os sintomas podem aparecer assim sem que saibamos ao certo de onde vêm. O clínico geral pode auxiliar a procurar o especialista, ou receitar um analgésico, antiespasmódico, antidiarréico, etc.
Bateu aquela dor no esqueleto, fraturou a perna, desconfia de um osteófito (vulgo bico de papagaio), de uma osteoporose, nada mais indicado que o ortopedista.
A sua dor de ouvidos, a sua irritação nas fossas nasais, adenóide, dor de garganta, nada melhor que um antiinflamatório, analgésico, até chegar ao consultório do otorrinolaringologista.
Já não está enxergando muito bem de longe, e de perto as letras se embaralham ao ler as últimas pesquisas eleitorais (se não for de indignação por ver o pior candidato com a maior porcentagem da intenção de votos), pode ser miopia, astigmatismo, hipermetropia ou presbiopia (se você tem mais de 40 anos), corra ao oftalmologista, para fazer os testes das letrinhas e em seguida  ao oculista, escolher uma bela armação dos óculos, ou lentes de contato.
O pediatra já não vai resolver o problema dos maiores de 12 anos e o urologista vai avaliar sua próstata, sua uretra, seu rim, mas não sua TPM (Tensão Pré-Menstrual) ou desconfiança de gravidez, ou qualquer incômodo vaginal que é prato cheio para o ginecologista e para fazer nascer o bebê, o obstetra vai estar lá pronto para cortar o cordão umbilical.
A desconfiança é de sinais do tempo, a ação dos radicais livres, o ortomolecular vai agir lá nas moléculas, para tentar inibir a oxidação das células, Esse é o especialista tão procurado no decorrer dos séculos: a juventude devolvida, de dentro para fora.
Se o problema é de fora: rugas, flacidez, o cirurgião plástico resolve com o bisturi. Se o caso não é tão extremo, a esteticista pode ajudar com cremes e massagens.
A irrigação sangüínea não vai bem, a canalização não é perfeita, não procure o encanador hidráulico que pode cuidar desse caso em sua casa, mas é o cardiovascular o indicado para cuidar de suas veias e artérias, e acabar com aqueles indesejáveis vasinhos (não de flores) nas suas pernas, outrora tão lisinhas.
Até o assustador câncer tem seu especialista: o oncologista.
A cabeça não vai bem. A depressão instalou-se, ou talvez a síndrome do pânico, primeiro o psiquiatra, que vai receitar suas poderosas drogas e depois o psicanalista, para você deixar as poderosas drogas.
Tem tremores nas mãos, dores de cabeça, vertigem não decorrente de labirintite ou labirintose, prato a ser degustado pelo otorrinolaringologista,  desconfia-se de qualquer coisa relacionada aos neurônios, isquemia cerebral, arteriosclerose, neurologista na cabeça.
Que dor de dente!!! Nem dipirona sódica ou ácido acetilsalicílico (um murro no estômago) impediram suas lágrimas? A coisa está no canal (não no de Panamá), no nervo, (não em sua irritação) o endodontista vai lá perfurar, perfurar até no fundo e tirar o maldito nervo que está te dando nos nervos.
Dente de Ronaldinho? O ortodontista coloca-lhe uns ferrinhos, uns elásticos, e lá se vão seus dentes para dentro. Até ATM eles resolvem com uma agradável “plaquinha de mordida”, em todas as cores, ao gosto do freguês. Coisa simples como uma pequena cárie, uma extração, uma limpeza, já o dentista resolve.
Sem querer chamar ninguém de velho, mas simplesmente aquele que já não está tão saltitante como antes, apresentando algumas dores nas juntas, pode procurar pelo geriatra.
Psoríase, micose, frieiras, acnes do adolescente, queda de cabelo, unhas quebradiças? Isso é para médico de couro ou dermatologista.
Mas a coisa é terrível quando você põe aquele sapato fechado, que massacra seu dedinho, ou o canto da unha do dedão. O pedicuro pode fazê-lo sorrir aliviado. Dr. Schol é muito bom.
Casamento à vista, o seu ou do amigo, nada melhor do que estar com as unhas das mãos bem lixadas e coloridas. Acho que essa vocês conhecem: a manicure. Depois das mãos, a tinta no cabelo, mudando a cor, retocando raízes, ou disfarçando os indesejados brancos, escova, spray, xampu. Para isso, o cabeleireiro é ótimo.
Não vá querer que o engenheiro civil faça sua cabeça. Ele pode construir sua casa e o paisagista pode projetar seu jardim. Mas não é jardim? É plantação de laranja e café? Vá lá no agrônomo. Ele cuida das leis da terra e das leis que você quer fazer cumprir, dos direitos seus que quer defender, ou de seus erros, dos quais você quer se livrar, o advogado do diabo é muito indicado.
O juiz de direito bate o martelo na mesa, ou até mesmo em sua cabeça se proferir uma sentença condenatória para você.
Pega causas criminais? O advogado é criminalista. Faz seu divórcio, investigação de paternidade, o inventário do avô milionário que acabou de morrer causando alívio aos herdeiros, ligue para ele, o advogado de causas cíveis.
Putz! O patrão pisou no tomate, não registrou você, não recolheu FGTS, não pagou suas férias, ou horas extras, o medicamento é o advogado trabalhista  que não faz aquele trabalho de projetar sua bela mansão, após receber todos os seus direitos, após a causa ganha, mas você até pode contratar um arquiteto para tal. Veja bem se ela será construída na zona rural, onde vai bem também um curral, ou na zona urbana. Cuidado para averiguar no mapa se o seu lote não está na zona do meretrício, e lembre-se de chamar o juiz de meritíssimo e eminente, pois se o chamar de meretíssimo, você terá em vista o perigo iminente de ele expulsá-lo de seu gabinete.
Se você estiver na iminência de chamá-lo de neurótico, creia que não o estará ofendendo, pois você também o é, e dê graças a Deus, se não, poderia ser um psicótico.
Você sabe a diferença entre os dois? O neurótico fantasia, o psicótico faz.
Se depois de ler tudo isso, você está com uma terrível dor de estômago, procure o gastroenterologista. Pode ser úlcera nervosa por ler tanta asneira. Juntamente com o Antak, aproveite para mandar a autora do texto à... Isso vai evitar que possa ter uma úlcera perfurada...
Izabel Martho
Enviado por Izabel Martho em 23/06/2005
Código do texto: T27006

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Izabel Martho
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil
22 textos (2712 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:45)
Izabel Martho