Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUEREMOS UM PAÍS JUSTO

Mensagens
Queremos um país justo

     Transformar o nosso país e, consequentemente, a nossa própria vida, requer entender a cidadania como uma conquista histórica. Não basta ter direitos, ter liberdade sem, no entanto, sentir-se sujeito participante do processo de transformação.

     Todos sabem que daqui a quarenta dias iremos às urnas para consolidar a maior eleição do país, na qual escolheremos o Presidente da República, os Governadores, os Senadores, os Deputados Federais e Estaduais. E o pior é que, diferentemente de outros momentos políticos, não temos visto tanta empolgação popular, tanto envolvimento dos eleitores. São os reflexos dos "mensalões" e dos "sanguessugas". (Também pudera né!)

     O que percebemos é que o povo está cansado de acreditar, está descrente e, se fosse possível, abster-se-ia do processo eleitoral.

     Entretanto, precisamos refletir, ter algo em mente: o nosso voto tem o poder de eleger, de colocar no poder e, também de punir os maus políticos; àqueles que nos convenceram com suas propostas e percorreram, no exercício do mandato, caminhos inversos e tortuosos. O problema é que muitas pessoas tendem a generalizar, a achar que todos os políticos são iguais, o que acredito não ser verdade. E mesmo que fossem, ainda assim o voto seria necessário para incentivar e eleger outros candidatos que jamais tiveram a oportunidade de nos representar.

     Queiramos ou não, sempre "alguém" vai ser eleito e vai ocupar o poder, e vai elaborar as leis, modificá-las, ditar o nosso modo de vida, as regras que devem reger o país. E se aqueles que se consideram conscientes fugirem da luta, a batalha será perdida, principalmente para os mais carentes que terão de engolir políticos demagogos e corruptos que oferecem as migalhas, mas ficam com toda a fatia do "bolo", em detrimento de políticas sociais necessárias para a melhoria da educação, da saúde, da economia, para redução do desemprego e da violência, da fome, da prostituição...

     E não é isso que queremos para o Brasil. Queremos um país justo, onde todos possam sentir-se cidadãos, no sentido amplo da palavra, aptos a fazer parte dessa transformação, dessa melhoria de qualidade de vida, da verdadeira conquista da dignidade. Afinal, o Brasil somos todos nós!


Generino Gabriel de Jesus,
Rodelas - BA - por correio eletrônico
GENERINO GABRIEL
Enviado por GENERINO GABRIEL em 31/10/2006
Reeditado em 18/02/2013
Código do texto: T278879
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GENERINO GABRIEL
Juazeiro - Bahia - Brasil, 47 anos
39 textos (2758 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 20:03)
GENERINO GABRIEL