Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DIRIGENTES BANDIDOS, FORA!

SÉRIE FIGURAS DA BAHIA

DIRIGENTES BANDIDOS FORA!

Dois clubes tradicionais do Nordeste do Brasil, principais representantes do Estado da Bahia no futebol brasileiro, respectivamente, Bahia e Vitória, responsáveis pelas maiores torcidas, maiores rendas, várias vezes campeões da Bahia e do Nordeste, o Bahia duas vezes campeão brasileiro, ambos foram rebaixados para a última divisão do futebol do país. A data de 10 de setembro de 2005 será apenas o símbolo da derrocada do nosso futebol, porque tanto Vitória quanto Bahia já vinham caíndo há algum tempo, fruto dos desmandos dos seus dirigentes.

Lembro-me dos meus tempos de rapaz, quando ia para a Fonte Nova, aos domingos, assistir grandes espetáculos, torcendo pelo rubro-negro - Vitória, o Leão da Barra, cujos dirigentes, a exemplo de Luis Catarino Gordilho, emprestavam a respeitabilidade e o bom senso nas diretrizes desportivas, principalmente no futebol e no remo!

Sempre admirei o Bahia, o tricolor de aço, da época em que seus dirigentes davam a vida pelo clube! Os admiráveis Osório Vilas Boas, Cel. Bendocchi Alves, Cícero Bahia Dantas, entre outros, eram desportistas na acepção da palavra.

Atualmente, a situação é outra. O Bahia “pertence” a banqueiros do jogo do bicho e ao Banco Oportunity, do Sr. Daniel Dantas, considerado um gênio para fazer fortuna sem gastar uma gota de suor. Aquele mesmo, que apresentou a proposta mirabolante de comprar o finado Banco Econômico S/A por um real! Hoje, esse cidadão é dono do Esporte Clube Bahia, das cervejarias do país e manipula os Fundos de Pensão com a maior desenvoltura. Está envolvido nas falcatruas do Sr. Marco Valério Fernandes, Delúbio Soares, José Dirceu e os ratos do PT encastelados no Palácio do Planalto...

Vejam em que mãos o glorioso Esporte Clube Bahia foi cair!

Sou um torcedor sem ser fanático. Apesar de torcer pelo Esporte Clube Vitória, com o qual contribuí com mensalidades de associado por mais de uma década, sempre torço pelo Esporte Clube Bahia quando joga com clubes de outros estados ou de outros países. Por isso, aproveito para lavrar o meu veemente protesto contra o presidente do Vitória, Paulo Carneiro e contra os coveiros do Bahia, principalmente Marcelo Guimarães, que levaram os nossos gloriosos clubes para o fundo do poço do futebol brasileiro!  O Marcelo Guimarães abandonou o barco no meio do campeonato e Paulo Carneiro renunciou após a debacle do clube. Esses mal elementos utilizaram-se dos clubes para sua promoção pessoal na vida pública, eleitos e reeleitos deputados por vários mandatos. É bom que as torcidas aprendam que não devem votar em dirigentes, sérios ou não. Futebol e política não se misturam.

Os jogadores do Vitória, formados em suas hostes, são vendidos para o exterior sem que a torcida sequer os conheça. Vão para os campeonatos mundiais sub 17, sub 20 e ganham títulos, sendo sistematicamente vendidos para o exterior em negócios que mereceriam uma investigação.

Como esse pessoal não é investigado, servem-se de coveiros e vão enriquecendo às custas dos nossos clubes, tripudiando da inteligência da nossa torcida.

Está na hora de se dar um basta a este estado de coisas. Banir do futebol a malandragem que dele se apossou e tentar começar tudo de novo.

Quem sabe, Bahia e Vitória possam renascer das cinzas...

Dia 24 de setembro de 2005, o Juiz Edilson Pereira de Carvalho foi preso por comandar uma máfia de resultados de jogos do Campeonato Brasileiro, Campeonato Paulista e Libertadores de América. Dizem que esta máfia atuava há muito tempo para favorecer sites ilegais de apostas na INTERNET. Quem sabe a Segunda Divisão não teve alguns dos seus resultados manipulados pela quadrilha...

Assim fica dificil acreditar neste país. De um lado o governo e a Câmara sob suspeita. Agora, os árbitros de futebol. Aliás, quanto aos árbitros, há muito tempo se suspeitava de certas atitudes de alguns deles. Criminosos, mudavam resultados para ganhar dinheiro do crime organizado. Uma vergonha!

Quem garante que Bahia e Vitória não foram vítimas da máfia do futebol? Lembram-se de Nabi Abi Chedid, Renato Teixeira, Caixa D´Água, do presidente Eurico, do Vasco?
Tá tudo dominado!...
 

Ricardo De Benedictis
Enviado por Ricardo De Benedictis em 10/09/2005
Reeditado em 25/09/2005
Código do texto: T49346

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ricardo De Benedictis
Vitória da Conquista - Bahia - Brasil, 77 anos
1214 textos (272415 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:48)
Ricardo De Benedictis